As famosas que se tornaram musas no Carnaval

Escrito por túlio pires bragança Google
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As famosas que se tornaram musas no Carnaval
O Carnaval alçou a popularidade de muitas modelos e atrizes (Getty Images)

Tranformar-se numa musa do Carnaval é privilégio para poucas mulheres. Não basta ter samba no pé! É preciso também ter charme e muito carisma para conquistar a simpatia e o sorriso do público brasileiro. As musas que mais chamam atenção na passarela do Carnaval também precisam ter uma boa preparação física, afinal são 80 minutos de desfile na passarela. Haja fôlego! Conheça aqui as famosas que se transformaram em musas do Carnaval!

Outras pessoas estão lendo

Luíza Brunet

Com um histórico de mais de 17 desfiles como rainha de bateria, Luíza Brunet é uma das maiores musas da história do Carnaval. A atriz já defendeu as cores de duas escolas de samba: Imperatriz Leopoldinense e Portela. Uma de suas principais características são as fantasias mais comportadas e extremamente elegantes, que evitam expor demais o corpo. Seu último desfile foi em 2012, pela Imperatriz. Depois de se desentender com os dirigentes da agremiação, Luíza decidiu se dedicar à família. Porém, seu legado de quase duas décadas na passarela é inesquecível.

Viviane Araújo

Ao contrário da maioria das musas do Carnaval, que usam sua fama para conseguir o posto de rainha da bateria de alguma escola de Samba, Viviane Araújo traçou o caminho inverso. Ela primeiro mostrou seu gingado na passarela e só depois começou a ser conhecida nacionalmente. Com mais de 18 anos de experiência em desfiles de Carnaval, Vivi impressiona a todos pelo corpo perfeito, que ela faz questão de destacar com pouquíssima roupa e ótimo preparo físico. No ano de 2000, por exemplo, ela saiu em quatro agremiações diferentes, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Mas seu coração carnavalesco bate mais forte por duas escolas: a carioca Salgueiro e a paulistana Mancha Verde.

Luma de Oliveira

A fama da musa Luma Oliveira é tanta que em 2012 sua vida foi tema do enredo da escola de samba Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. Sua história se confunde com a trajetória do Carnaval moderno, já que Luma sempre foi responsável por polêmicas e quebrar tabus na passarela. Em 1987, ela foi uma das primeiras a desfilar de topless na Sapucaí e impressionou o público pela boa forma. Em 2004, ela voltou a chamar atenção quando saiu na avenida com uma coleira com o nome de seu então marido, Eike Batista. Luma é uma das mais experientes rainhas de bateria. Desfilando desde 1986, suas escolas preferidas são Caprichosos de Pilares, Mangueira, Portela e Tradição.

Quitéria Chagas

Escolhida pelo Jornal O Globo como a melhor rainha de bateria de todos os tempos em 2013, Quitéria Chagas já desfilou tanto em escolas do Rio de Janeiro como de São Paulo. Em terras cariocas, ela defende as cores da Império Serrano. Na capital paulista, ela alterna entre Águias de Ouro e Unidos da Vila Maria. Sua fama na Sapucaí acabou catapultando sua carreira como modelo e atriz. Quitéria já tem no currículo experiência em novelas e séries. Em 2013, depois de anos de muita folia no Carnaval, a musa tomou uma difícil decisão. Resolveu fazer uma pausa para poder se dedicar à faculdade de psicologia e ser mãe.

Sabrina Sato

O carisma e a beleza de Sabrina Sato são velhos conhecidos. Após estrelar a terceira edição do Big Brother Brasil, em 2003, ela foi alçada ao posto de musa do Pânico, cujo elenco integrou até 2013. No Carnaval de 2014, ela defendeu a Gaviões da Fiel, em São Paulo, mas foi como rainha de bateria da Vila Isabel, no Rio, que a japa parou a internet e se tornou a celebridade mas comentada nas redes sociais. Com uma fantasia inspirada numa deusa da Amazônia, ela esbajou sensualidade e simpatia mostrando samba no pé. Graças à participação no desfile, Sabrina consquistou o Prêmio Gato de Prata de Alegria da Passarela. O que a "nipomusa" vai aprontar nos próximos carnavais?

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível