Fases do potencial de ação cardíaco

Escrito por ally laconi | Traduzido por laura pinheiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fases do potencial de ação cardíaco
O potencial de ação cardíaco tem cinco fases (stethoscope lying on a ekg image by Joseph Dudash from Fotolia.com)

O potencial de ação cardíaco difere do potencial de ação muscular esquelético em três aspectos: algumas células musculares cardíacas são autoexcitáveis; todas elas são eletricamente conectadas por junções e, por isso, se contraem como uma unidade; por fim, o potencial de ação cardíaco tem um período refratário absoluto muito longo, que é o período de tempo após uma contração durante o qual o músculo não pode se contrair novamente. Cerca de 1% das fibras cardíacas são autoexcitáveis, ou seja, têm a habilidade especial de despolarizar espontaneamente e controlar o ritmo do coração. Essas células iniciam o potencial de ação cardíaco que abrange cinco fases numeradas de 0 a 4.

Outras pessoas estão lendo

Fase 0

A fase 0 do potencial de ação cardíaco é a fase de despolarização rápida. As células autoexcitáveis do coração têm um potencial de repouso instável que despolariza continuamente, sempre à deriva de níveis de limite. Esses potenciais espontâneos de mudança na membrana -- chamados potencial pós-sináptico excitatório -- desencadeiam as contrações do coração. Durante a fase rápida de despolarização, os canais de íon de sódio nas membranas das células se abrem e o influxo de íons positivos de sódio ajuda a despolarizar.

Fase 1

A fase 1 tem início quando os canais de íons de sódio começam a serem inativados. O influxo de sódio diminui, entretanto, a célula continua a perder íons de potássio e cloreto.

Fase 2

A fase 2 é a fase de platô do potencial de ação cardíaco. Quando o limiar de cerca de -40 mV é atingido, os canais de íons de cálcio se abrem. Eles entram na célula rapidamente e começa a fase ascendente do potencial de ação, revertendo o potencial da membrana.

Fase 3

A fase 3 é a rápida repolarização do potencial da ação cardíaco. Os canais de potássio se abrem, os íons de potássio fluem da célula e ela se repolariza.

Fase 4

Na fase 4, a célula retorna ao potencial de repouso de membrana. No entanto, em breve ela será estimulada para começar a despolarização espontânea novamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível