Fatores bióticos nos animais da floresta tropical

Escrito por eleanor mckenzie | Traduzido por ricardo castiglioni
   Fatores bióticos nos animais da floresta tropical
Os morcegos frugívoros desempenham um papel importante na dispersão de sementes de árvores (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Em um ecossistema, como uma floresta tropical, as plantas e animais coexistem e interagem uns com os outros e com fatores abióticos e bióticos. Fatores abióticos não estão vivos e incluem elementos químicos e físicos como temperatura, composição do solo e luz solar. Fator biótico refere-se à vida no ecossistema, animal e vegetal. Esses são divididos em produtores, consumidores e decompositores.

Produtores

Os produtores fazem a própria comida. Portanto, os principais produtores são as plantas que se alimentam por meio da fotossíntese. Eles formam a base da cadeia alimentar; as florestas tropicais são abundantes em vegetação de produtor. Alguns exemplos são as videiras, samambaias, abacateiros e bananeiras. Esses produtores fornecem o alimento para insetos e animais, que são consumidores. Alguns produtores dependem dos consumidores para a polinização. Por exemplo, os morcegos comem de árvores frutíferas no dossel da floresta e espalham as sementes através das fezes.

Consumidores

Um consumidor se alimenta de outros organismos para continuar vivo. Existem duas classes de consumidores: primários e secundários. Os consumidores primários são animais pequenos da floresta, tais como morcegos, abelhas, espécies de macacos, lêmures e preguiças. Esses consumidores primários tendem a ser herbívoros, embora eles possam comer insetos. O lêmure, por exemplo, vive em uma dieta de folhagem tropical de frutas e vegetais. Os consumidores primários são mais numerosos do que os consumidores secundários, que na verdade são predadores. Como existem muitos consumidores primários na floresta, eles fornecem uma fonte de alimento abundante para os predadores.

Predadores

Os predadores da floresta são caçadores hábeis, qualquer que seja o tamanho. Eles usam a força, agilidade, armadilhas e veneno para capturar as presas. Aranhas, escorpiões, cobras, morcegos vampiros, tamanduás, onças e tigres são predadores da floresta tropical. A maioria deles desenvolveu características especiais para ajudá-los a sobreviver na vida da floresta. Elas são chamadas de "adaptações." Por exemplo, papagaios e tucanos desenvolveram bicos fortes o suficiente para quebrar nozes do Brasil. A camuflagem é outro exemplo de adaptação. As algas verdes que crescem na pelagem de um preguiça fornecem uma proteção adicional para esse animal extremamente lento.

Decompositores

Os decompositores executam uma função importante — eles são os coletores de lixo da floresta tropical. Sem eles, o chão da floresta seria repleto de frutas podres, galhos e outros restos. Normalmente, os decompositores fornecem o solo com nutrientes e são uma parte vital da manutenção do equilíbrio do ecossistema. Eles incluem as formigas, cupins e minhocas. Os decompositores animais não incluem as bactérias e fungos. Alguns tipos de bactérias se alimentam de resíduos de carne deixados por carnívoros, enquanto outras atacam resíduos de vegetais.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível