Fatores limitantes em um bioma de água doce

Escrito por bruce smith | Traduzido por eduardo horst maidana
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fatores limitantes em um bioma de água doce
Lagos são biomas de água doce (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Um bioma é uma grande área regional de semelhantes comunidades, caracterizadas por um dominante tipo de plantas e estrutura vegetativa. Tradicionalmente, biomas têm sido usados para descrever grandes regiões contínuas como desertos, pastagens, florestas e tundras. Contudo, muitos pesquisadores também incluem sistemas aquáticos, marinhos e de água doce. Sistemas aquáticos são caracterizados por sua temperatura, salinidade, nutrientes dissolvidos, ondas, correntes, profundidade e substratos. Fatores limitantes determinam a população máxima de espécies que uma região pode manter.

Outras pessoas estão lendo

Biomas de água doce

Biomas de água doce incluem lagos, lagoas, rios, córregos e pântanos. Qualquer área parcialmente coberta por água em alguma parte do ano constitui um pântano. Alguns deles, como pântanos de chipre, estuários e zonas entre marés, podem ser considerado biomas distintos. Enquanto os biomas terrestres são caracterizados por uma estrutura de vegetação dominante, sistemas aquáticos são determinados pelo conteúdo de sal, ou salinidade, da água. A água doce contém menos de 1 por cento de sal.

Fatores limitantes em um bioma de água doce
Pântanos ciprestes são áreas úmidas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Fatores limitantes gerais

Fatores limitantes incluem qualquer fator que iniba um aumento da população de uma espécie em uma certa área. Um metro quadrado de terra ou um metro cúbico de água pode suportar alguns quilogramas de um animal. Por exemplo, uma lagoa pode suportar vários jacarés pequenos, mas apenas um grande. Fatores limitantes determinam a capacidade de carga do ambiente, isto é, a população máxima de uma espécie que um ambiente pode suportar.

Fatores limitantes em um bioma de água doce
Um lago oferece comida suficiente para vários pequenos jacarés, ou um grande, por exemplo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Fatores limitantes bióticos

Fatores limitantes bióticos descrevem o relacionamento de organismos vivos com a máxima população de uma espécie. Esses fatores incluem a quantidade de alimento disponível, o número de predadores de uma espécie, doenças e parasitas. Conforme a população de uma espécie se aproxima da sua capacidade de carga, o número de predadores, doenças e parasitas aumenta, enquanto que a quantidade de alimento disponível para a espécie diminui.

Fatores limitantes em um bioma de água doce
Conforme as populações de peixe aumentam, a incidência de doenças aumenta, limitando o tamanho da população (Karl Weatherly/Photodisc/Getty Images)

Fatores limitantes abióticos

Os fatores limitantes abióticos são fatores do mundo físico que afetam a capacidade de carga. Nos biomas de água doce, os fatores limitantes incluem salinidade, luz solar, temperatura, oxigênio dissolvido, fertilizantes e poluentes. Fertilizantes fluem no sistema provenientes de jardins e fazendas. Os fertilizantes contribuem para o crescimento de algas, elas removem oxigênio dissolvido da água, e os peixes morrem. Nesse caso, o fertilizante limita indiretamente a quantidade de oxigênio disponível, limitando assim a população de peixes.

Fatores limitantes em um bioma de água doce
Para a truta de água doce, a temperatura é um fator limitante (Karl Weatherly/Photodisc/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível