Fatores lipotrópicos

Escrito por paul favors | Traduzido por ellen zanelato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fatores lipotrópicos
Os fatores lipotrópicos são substâncias essenciais para o bom funcionamento do fígado. (bottle with blue toxic substance image by Ivonne Wierink from Fotolia.com)

Os fatores lipotrópicos são substâncias que têm habilidade de remover e prevenir depósitos de gordura no corpo. Esses nutrientes desempenham essencialmente a tarefa de quebrar e transportar gordura do fígado. Os fatores lipotrópicos são importantes porque podem aprimorar a função hepática, assim como eliminar toxinas. Eles também são necessários no fornecimento de energia adicional por meio da queima da gordura transportada.

Outras pessoas estão lendo

Fatos

Os fatores lipotrópicos são encontrados no sangue e agem como emulsificadores naturais. Sua função é reunir os lipídios sanguíneos em soluções e prevenir o seu depósito dentro do sistema cardiovascular. O corpo produz seus próprios fatores lipotrópicos quando tem acesso a substâncias como colina, inositol, betaína, ácido fólico e vitamina B. O que há de comum entre esses itens é que eles são necessários para um metabolismo bem regulado e a eliminação de homocisteína, que é um tipo de oxidante.

Tipos

Há diferentes tipos de fatores lipotrópicos. O primeiro é a colina, a qual o corpo necessita para metabolizar membros do grupo metil. Ela é um componente importante no transporte de lipídeos e é encontrada mais comumente na lecitina. Se existe uma escassez de colina no corpo, o fígado tende a ficar inundado de gordura. Outro exemplo de fator lipotrópico é a carnitina, uma substância que é capaz de aceitar os ácidos graxos e então realizar seu transporte. Outros tipos de fatores lipotrópicos incluem inositol, que é similar à colina.

Importância

Depósitos de gordura podem ser perigosos porque eles reduzem a circulação sanguínea e favorecem trombos dolorosos. Os fatores lipotrópicos evita que isso ocorra eliminando esses depósitos. Além disso, essas substâncias são necessárias para o corpo na purificação de toxinas e na proteção do fígado contra elas. Os fatores lipotrópicos trabalham no fígado permitindo que ele produza mais lecitina, que faz do colesterol mais solúvel; e também estimulam o timo e tornam o fígado mais resistente a doenças.

Deficiência

Se o corpo for incapaz de produzir uma quantidade suficiente de substâncias lipotrópicas, a gordura e a bile acumularão no fígado. Isso pode resultar em doenças como a cirrose, que é caracterizada pela substituição do tecido do fígado por tecido cicatricial. A deficiência em inositol está também ligada à depressão. Além disso, a colina é reconhecida como um nutriente essencial porque possui a habilidade de nos defender contra compostos tóxicos.

Fontes

Os fatores lipotrópicos são produzidos naturalmente no corpo. Seus componentes podem ser encontrados em alimentos ricos em proteínas como carnes. Recentemente, os suplementos de lipotrópicos foram disponibilizados no mercado. Eles geralmente são administrados por injeções, as quais são usadas principalmente para a perda de peso. Esses suplementos têm seu funcionamento baseado na estimulação do fígado para criar mais lecitina e, então, liquefazer o colesterol e finalmente livrar-se dele. Há controvérsias sobre seu uso, já que não há qualquer pesquisa de longo prazo sobre o assunto disponível atualmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível