Fatos sobre a força dos chipanzes

Escrito por linda koeniguer | Traduzido por rita pacheco
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fatos sobre a força dos chipanzes
Apesar de seu uso em circos e filmes, os chimpanzés são animais muito poderosos (chimpanzee image by Vitaliy Pakhnyushchyy from Fotolia.com)

O chimpanzé, uma das quatro espécies dos grandes símios no reino animal, é um mamífero extremamente poderoso. Um macho adulto é, aproximadamente, cinco vezes mais forte do que um ser humano do sexo masculino. Apesar de seu uso em filmes e circos e sua aparência humana, eles podem ser extremamente perigosos se quiserem, simplesmente por causa de sua grande força.

Outras pessoas estão lendo

Nível de força do chimpanzé

Em uma entrevista com a revista Discover, a primatologista de renome mundial Dra. Jane Goodall refere-se a um incidente com um chimpanzé que a levou a estimar sua força em oito vezes mais do que a sua própria. Embora a Dr. Goodall seja uma mulher magra e não uma fisiculturista, a maioria das fontes concorda que a força de um chimpanzé, embora muitas vezes exagerada, pode ser razoavelmente estimada em cerca de três a cinco vezes a de um homem médio. Se um chimpanzé poderia ganhar ou não um cabo-de-guerra com um fisiculturista campeão, é outra questão. Mesmo que se pudesse persuadir um chimpanzé a participar de tal competição, seus concorrentes humanos têm força muito maior do que o normal. De qualquer forma, é seguro concluir que, dada a grande disparidade nessas estimativas, um chimpanzé adulto pode ser no mínimo duas vezes tão forte quanto algumas pessoas, ou então oito vezes mais forte que os outras.

Fatos sobre a força dos chipanzes
Um chimpanzé macho adulto pode ser muitas vezes mais forte que um ser humano comum (youg chimpanzee image by Xavier MARCHANT from Fotolia.com)

Por que os chimpanzés são tão fortes

A força de um chimpanzé pode ser atribuída a uma série de fatores, incluindo o seu corpo e estrutura muscular, as demandas de seu estilo de vida subarbórea, a interação entre os sistemas nervoso e musculatura e a influência da genética.

Dr. John Hawks, professor adjunto de antropologia na Universidade de Wisconsin, aponta para uma combinação de estrutura músculo-esquelético e genética como parte da razão para a força do chimpanzé. As fibras musculares do chimpanzé são mais longas do que as de um ser humano, permitindo que eles gerem o dobro da capacidade de trabalho ao longo de uma ampla gama de movimento. Ele também aponta que certos genes que limitam o desenvolvimento muscular foram desativados no ser humano, mas ainda estão presentes no chimpanzé.

Além disso, a pesquisa da primatologista Dr. Ann MacLamon indicou que os neurônios motores da medula espinhal que controlam a função muscular em humanos, são menos prevalentes no chimpanzé, dando aos animais o acesso imediato a uma maior força muscular do que têm os seres humanos. Isto permite que o chimpanzé use muito mais de sua força potencial do que é possível para um ser humano, devido às limitações colocadas pelo nosso sistema nervoso.

Fatos sobre a força dos chipanzes
A estrutura do corpo de um chimpanzé, seu sistema nervoso e sua musculatura contribuem para sua força (chimpanzee image by NataV from Fotolia.com)

A força do chimpanzé como um perigo para os seres humanos

Chimpanzés deixam de ser bonitinhos e fofinhos na adolescência, que começa depois dos 5 anos de idade. A partir deste ponto eles começam a afirmar o domínio, a fim de garantir o seu lugar no grupo. Quando sua "trupe" é uma família humana, podem ocorrer resultados desastrosos. Esta tendência biológica inata e inevitável, juntamente com a sua grande força, faz com que primatas sejam inteiramente inadequados como animais de estimação.

Um exemplo recente e trágico do que pode acontecer, é o caso em que um chimpanzé chamado Travis, que atacou e feriu gravemente um amiga, vizinha de seu dono. Travis era seu animal de estimação por 14 anos. Ele aprendeu com seu proprietário a usar roupas, beber vinho e comer bife e lagosta. Também participou de comerciais de televisão e foi quase um mascote no bairro, porém, em fevereiro de 2009, ele atacou uma mulher, e apesar dela ter sobrevivido, os ferimentos a deixaram desfigurada. Travis, no entanto, não sobreviveu. As tentativas do seu dono de detê-lo falharam, e ele foi baleado e morto por um policial.

De acordo com o Dr. Franz de Waal, um especialista em primatas e biólogo chefe do Centro Yerkes de Pesquisa Nacional de Primatas, em Atlanta, este não é um comportamento surpreendente em um chimpanzé adulto. Ele descreve Travis como uma "bomba-relógio", cujo comportamento, embora possa servi-lo bem na natureza, faz dele um perigo em uma família humana.

Fatos sobre a força dos chipanzes
Ao entrar na adolescência, os chimpanzés são levados a afirmar o domínio (youg chimpanzee image by Xavier MARCHANT from Fotolia.com)

Conhecimento do chimpanzé de sua própria força

Apesar da incidência de ataques a seres humanos, especialistas como Dra. Jane Goodall e Dr. de Waal concordam que os ataques chimpanzés não são motivados por malícia, avareza, maldade ou ódio. Eles são geralmente os resultados trágicos de um chimpanzé ser ele mesmo. Na natureza, eles estão em competição com outros chimpanzés, que são pelo menos tão ou mais fortes do que eles. Em cativeiro, estas exibições de domínio são dirigidas contra os seres humanos. Chimpanzés podem não saber exatamente o quão forte eles são, mas não levam muito tempo para saber que são mais fortes do que nós.

Fatos sobre a força dos chipanzes
Chimpanzés são mais fortes do que nós, e eles aprendem isso com rapidez (young chimpanzee image by Xavier MARCHANT from Fotolia.com)

A força dos Chimpanzés na natureza

Para um chimpanzé sobreviver na selva, a força física é absolutamente essencial. Ele deve ser capaz de escalar rapidamente, a fim de escapar de predadores e encontrar alimento, manipular e dobrar galhos de árvores grandes para fazer seu ninho todas as noites, e se defender contra os ataques de dominação de outros chimpanzés.

Em seu livro "Na sombra dos Homens", a Dra. Jane Goodall documentou o dia-a-dia dos chimpanzés na Reserva de Gombe. Ela viu em primeira mão as exibições de domínio, comportamentos de caça previamente desconhecidos em chimpanzés e os conflitos entre tropas vizinhas, dos quais ela descreveu como uma guerra. Nenhum desses comportamentos são possíveis sem a força física para realizá-los. Sua pesquisa pioneira, e a de muitos outros, mostram quilo por quilo, que o chimpanzé é um animal extremamente poderoso com uma força que excede em muito o seu tamanho.

Fatos sobre a força dos chipanzes
A força é uma necessidade para os chimpanzés na natureza (Chimpanzee drinking water image by Pontus Edenberg from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível