Como saber se você tem uma ferida infeccionada

Escrito por teresa daly | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como saber se você tem uma ferida infeccionada
Limpe um arranhão no joelho antes de colocar um curativo. (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Qualquer ruptura na pele, mesmo um arranhão mínimo, pode infeccionar. Sujeira e bactérias do ambiente podem adentrar a sua corrente sanguínea através de uma ferida na pele e causar pequenas infecções ou, em casos raros, complicações potencialmente fatais, como SARM. Se você acha que tem uma ferida de qualquer tipo infeccionada, ou se ela foi causada por uma mordida de animal ou humana, procure seu médico imediatamente para tratá-la.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de feridas na pele

Feridas na pele incluem aquelas causadas por arranhões, cortes, perfurações e queimaduras. Quando você rompe a pele com um corte ou com um arranhão irregular, seu corpo usa as células sanguíneas e outros recursos para começar a curar a ferida. O tempo é essencial na hora de prevenir uma infecção; quanto mais você esperar para limpar essas feridas, mais provável será de sujeira e bactérias entrarem em seu corpo. Queimaduras causam feridas diferentes dos cortes e arranhões, e inicialmente devem ser tratados de forma diferente. Deixe a área queimada debaixo de água fria corrente por pelo menos 15 minutos ou mantenha uma compressa fria — não gelo — sobre ela. Se uma bolha se formar, não a estoure.

Primeiros estágios de infecção

A infecção começa quando seu corpo trabalha mais do que deveria para lutar contra a infecção e curá-la ao mesmo tempo. Os primeiros estágios de uma infecção nessas feridas incluem vermelhidão e inchaço, que também são sintomas da ferida em si. Um corte em processo de infecção será mais dolorido do que quando começa a sarar. Se a pele em volta da ferida ficar perceptivelmente avermelhada, pode haver uma infecção.

Infecção grave

Se não for tratada, uma ferida infeccionada causará um trauma grave à área e ao tecido em volta dela. A vermelhidão, o inchaço e a dor irão aumentar e a ferida começará a produzir pus. A pele em volta dela também pode inchar e formar bolhas. Se a infecção se espalhar para o sangue, você pode ver linhas vermelhas em sua pele, saindo da ferida e indo em direção ao seu coração. Essa infecção do sangue é conhecida como septicemia, uma condição que põe a sua vida em risco. Vários outros resultados de infecções graves em uma ferida podem ser fatais ou quase fatais, como gangrena, choque tóxico e infecção estafilocócica ou estreptocócica.

Prevenção e tratamento

A primeira linha de defesa é sempre lavar e esterilizar a ferida imediatamente, e então mantê-la sem sujeira. Limpe a ferida o mais rápido possível depois da lesão ter ocorrido para prevenir a infecção. A melhor estratégia é lavar o corte com sabão e água e aplicar uma pomada antibiótica ou um curativo solto para proteger. Os antibióticos na pomada ajudarão a manter os germes longe, mas eles não ajudam muito depois que a ferida estiver infeccionada. Se a bolha de uma pequena queimadura estourar, lave gentilmente a área com água e sabão e aplique uma pomada antibiótica. Em cortes profundos e perfurações, é melhor procurar cuidados médicos, pois pontos podem ser necessários. Você também deve procurar seu médico em casos de queimaduras graves. Neutralize a dor e o inchaço de qualquer ferida com analgésicos vendidos livremente, como paracetamol, ibuprofeno e aspirina.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível