Ferramentas na antiga mesopotâmia

Escrito por jack stone | Traduzido por rafael mendes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Ferramentas na antiga mesopotâmia
Os antigos mesopotâmicos usavam ferramentas para uma variedade de propósitos (stone axes from papua new guinea image by Vladimir Melnik from Fotolia.com)

Os antigos mesopotâmicos usavam ferramentas para uma variedade de propósitos. Plantações, construções, esculturas e até mesmo a escrita exigia diferentes instrumentos. Os mesopotâmicos aprenderam como usar ferramentas feitas de uma variedade de materiais com o objetivo de completar suas tarefas. As ferramentas mais comuns incluíam pedras, ossos e metais. O trabalho de P.R.S Moorey, "Materiais e Industrias da antiga mesopotâmia", fornece uma visão sobre o método e o propósito destas ferramentas.

Outras pessoas estão lendo

Geografia

A palavra "Mesopotâmia" vem do grego "entre os rios". De fato, a civilização mesopotâmica era constituída entre os rios Tigre e Eufrates e incluía o Crescente Fértil. Na história antiga, as culturas de Babilônia, Suméria e Akkad floresceram lá; hoje, a região abrange partes do Iraque, Irã, Turquia, Síria e a região do Gofo Pérsico.

Ferramentas de pedra

Na antiga Mesopotâmia, pessoas usavam pedras para vários propósitos. Escultores usavam uma variedade de ferramentas feitas de pedra para desbastar as esculturas. Operários usavam pedras como brocas para os projetos. Quase todas as pedras recuperadas da antiga Mesopotâmia faltam partes, o que torna seu uso e o seus propósitos difícil de identificar. Parece ainda que usavam sílex para as pontas de setas, foices e arados. A obsidiana servia de ponta cortante para lâminas e brocas.

Ferramentas de ossos

Ossos eram comuns na antiga Mesopotâmia. Ossos de animais eram frequentemente usados para várias ferramentas. Os mais largos como os de ovelhas e cabras eram usados como furadores para trabalhos em couro. Os mesopotâmicos usavam ossos como agulhas, embora sejam raramente encontradas em sepulturas, é evidente pelos dados arqueológicos que eram comuns. Ossos serviam do que era chamado de "spatulae", cujo uso ainda é desconhecido. Alguns especulam que tenham sido usados como utensílios para comer; outros os consideram utensílios de escrita. Também têm encontrado goivas e ossos pontiagudos que as pessoas talvez tenham usado como furadores; no entanto, as evidências são inconclusivas.

Ferramentas de metal

Muitas ferramentas de metal eram usadas na antiga Mesopotâmia. Em alguns assentamentos, arqueólogos encontraram machados de cobre, formões, furadores e lâminas de faca. Outros locais sugerem a utilização de cobre para foices, lâminas, correntes, pinças, martelos e cabeças de machado. Lata foi usada para serras, aguilhões, furadores, machados e punhais. É claro que a introdução dos metais na sociedade resultou em uma enxurrada de ferramentas de metal; muitas peças de mobiliário, imagens esculpidas e joias ostentam a marca das ferramentas de metal.

Outras ferramentas

Arqueólogos descobriram outras ferramentas em oficinas de oleiros. Estas casas mostram que usavam fornos para queimar panelas e outros recipientes. Normalmente feitas de barro ou material similar. Nas casas destes oleiros, os arqueólogos encontraram também rodas feitas de pedra e barro. Outros materiais também foram utilizados para criar bois e cultivar os campos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível