Mais
×

Ferramentas usadas para lapidar e polir diamentes

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Os diamantes não saem da terra polidos ou perfeitamente desenhados como os que você encontra em anéis ou colares. Diversas ferramentas são necessárias para fazê-los bonitos. Esses instrumentos de cortar e polir são usados quase exclusivamente para trabalhar com diamantes e geralmente mais de uma pedra é necessária para transformá-lo de estágio bruto e irregular para glamoroso.

Os diamantes são polidos e lapidados antes de serem vendidos (diamonds 2 image by Renato Francia from Fotolia.com)

Serra para diamante

Os diamantes precisam de outros diamantes para serem cortados, pois eles são uma das substâncias mais duras da terra. Uma serra de diamante é uma fina lâmina de bronze fosforoso. O agente cortante é a poeira de diamante que a serra recolhe enquanto o corta. Para começar, uma lâmina bate contra o diamante e recolhe poeira que então será usada para cortar a própria pedra. O processo é longo, podendo levar várias horas para se produzir um diamante de um quilate. Antes das pedras serem cortadas, um especialista decide onde deverão ser realizados os cortes, baseado no tamanho e clareza do diamante original, para torná-lo o mais valioso possível.

Desbaste

O formato inicial de um diamante é dado pelo processo de desbaste. Este processo cria seu formato básico, que será posteriormente polido para adicionar as facetas. Durante o desbaste, o diamante é posto em um torno mecânico, uma ferramenta que gira um item para lixar, polir ou cortar. Enquanto o diamante gira, outro diamante roda pressionando e dando à pedra um formato redondo. O desbaste também é chamado bloqueamento.

Roda de polimento

Após o formato cônico básico ser obtido, o diamante é refinado em uma roda polidora. Este é o último estágio de fabricação de um diamante. O primeiro estágio do polimento é a lapidação. Na lapidação, o desenho simétrico básico do diamante é determinado. As 17 ou 18 facetas iniciais são feitas. A pessoa que corta estas facetas é conhecido como lapidador. O diamante é polido pelo corte. A gema é então colocada em uma vareta chamada de "dop" e esfregada contra um disco de metal em rotação. Alguns diamantes ainda passam por um processo de polimento chamado abrilhantamento. Neste processo, podem ser feitos até 40 cortes. O número de facetas adicionadas durante esses dois processos determina o brilho do diamante, o que fará uma grande diferença no valor da pedra.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article