Fezes moles e sintomas de infecção urinária em cães

Escrito por bridie cavanaugh | Traduzido por joão melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fezes moles e sintomas de infecção urinária em cães
Fezes moles e sintomas de infecção urinária em cães (Caption: Ruari on the sand. Credit: Bridie Cavanaugh)

A infecção urinária ocorre quando bactérias invadem a uretra, a bexiga ou qualquer outra parte do trato urinário do cão. Essas infecções são dolorosas e devem ser tratadas o mais cedo possível. O tratamento tardio pode levar a problemas renais ou outras complicações de saúde. Consulte seu veterinário se você notar quaisquer sintomas de infecção do trato urinário de seu cão.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Os cães com infecções do trato urinário muitas vezes tentam urinar frequentemente com pouca urina sendo eliminada. A micção pode parecer dolorosa e a urina pode ser turva e conter pus ou sangue. O cão pode lamber seus genitais ou urinar em lugares inusitados. Ele pode ter febre e perder o apetite. Sua urina pode ter um forte odor desagradável e o animal pode parecer incontinente. Os cães com infecções do trato urinário frequentemente parecem ter perda de energia e sede excessiva. Sua área inferior do estômago pode ficar flácida e eles podem apresentar perda de peso.

As fezes moles não são um sintoma comum de infecção do trato urinário e podem indicar um outro problema de saúde. Por favor, procure um médico veterinário.

Causas

As infecções do trato urinário são mais comuns em cadelas, porque a uretra é mais curta e mais larga do que a de um macho, tornando mais fácil o desenvolvimento de uma infecção bacteriana. Alguns medicamentos podem levar a um aumento de infecções do trato urinário. Doenças ou problemas médicos, tais como pedras na bexiga, tumores ou cânceres também podem aumentar a ocorrência do problema.

Diagnóstico

O veterinário prescreverá um exame de urina para o seu cão. Os testes vão checar o equilíbrio do pH, bactérias, cristais e fazer a contagem de hemácias e leucócitos. Se a infecção for recorrente ou persistente, exames adicionais podem ser necessários.

Tratamento

Antibióticos são normalmente prescritos para o tratamento de infecções do trato urinário. No entanto, o uso repetido pode aumentar a recorrência da infecção.

As infecções persistentes podem exigir cateterismo ou cirurgia.

Os tratamentos naturais incluem Kinnikinnick, barberry, cantharis, bagas de zimbro e Staphysagris. O vinagre de maçã adicionado à água do seu cão pode prevenir a infecção urinária, corrigindo o pH. Um suco à base de cítricos, como laranja ou cranberry, somado ao fornecimento diário de água, vai aumentar a acidez do trato urinário do cão e diminuir a chance de infecção bacteriana.

Prevenção

Um sistema imunológico forte vai ajudar o seu cão na luta contra a infecção do trato urinário. Forneça a ele uma nutrição adequada para suportar o sistema imunológico.

Dê ao seu cão um abastecimento regular de água potável. Isso o ajudará a eliminar as toxinas perigosas e o manterá hidratado.

Incentive a micção frequente. Leve o cachorro para urinar várias vezes ao dia. Não permita que ele prenda a urina por longos períodos.

O exercício físico regular manterá a bexiga estimulada e funcionando corretamente.

Uma boa higiene ajuda a evitar infecção bacteriana. Banhe seu cão com frequência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível