×
Loading ...

Como usar o FGTS para comprar um imóvel

Para quem não sabe, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) corresponde a uma série de depósitos mensais feitos pelos empregadores para serem utilizados pelos trabalhadores em hipóteses como desemprego e tratamento de doenças graves. Esses recursos são administrados pela Caixa Econômica Federal e foram criados como garantia ao trabalhador. O empregado também pode utilizar o fundo para comprar um imóvel, por exemplo. O processo de saque do FGTS pode ser mais ou menos burocrático dependendo da situação de cada trabalhador e do tipo de imóvel desejado. Confira as principais dicas para usar o seu Fundo de Garantia na compra da sua casa própria.

Instruções

O FGTS pode ser um estímulo a mais na hora de comprar a casa própria (Alexander Raths/iStock/Getty Images)
  1. O primeiro passo para utilizar os recursos do FGTS é atender aos pré-requisitos básicos. É preciso ter documentos que provem ter trabalhado há pelo menos três anos com carteira assinada. O trabalhador também deve comprovar que não tem nenhum financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Além disso, o empregado não pode ser proprietário de nenhum imóvel residencial na cidade onde deseja comprar o novo imóvel. Além disso, deve provar que trabalha ou mora na cidade onde pretende comprar o novo imóvel.

    Loading...
  2. Para usar o fundo, o trabalhador deve entrar em contato com um agente financeiro (bancos, consórcios ou companhias de crédito imobiliário). Em seguida, o agente entra em contato com a Caixa Econômica Federal para dar início ao trâmite burocrático. Se você preenche os pré-requisitos, é hora de procurar um agente financeiro de sua confiança.

  3. Junto ao agente financeiro, será preciso apresentar os seguintes documentos: carteira de trabalho, comprovante de residência (especialmente conta de luz, gás ou água), certidão de nascimento, certidão de casamento (para quem for casado), CPF e carteira de identidade. Será preciso também fornecer uma cópia do IPTU e certidão de matrícula do imóvel que será comprado. Esses documentos provam que o imóvel está em situação regular.

  4. Depois da etapa de entrega de documentos, o trabalhador pode solicitar ao agente financeiro a parcela do FGTS que deseja usar. É possível, por exemplo, sacar apenas parte do fundo.

  5. Se todos os passos derem certo, a Caixa Econômica libera o Fundo de Garantia e deposita diretamente na conta do vendedor do imóvel. O trabalhador não lida com o dinheiro diretamente. Esse processo pode demorar de 5 a 90 dias úteis para ser concluído.

Loading...

Dicas

  • O período de trabalho com carteira assinada não precisa ser contínuo. Se o trabalhador possui registros de carteira assinada nos anos de 2002, 2005 e 2010, por exemplo, ele pode solicitar o Fundo de Garantia.
  • Para saber o saldo do seu FGTS, é possível checar na internet no site da Caixa Econômica Federal ou em qualquer agência do banco. Nesse caso, será necessário apresentar o documento de identidade e o número NIS (PIS/PASEP).

O que você precisa

  • Procurar um agente financeiro de sua confiança (bancos, consórcios ou companhias de crédito imobiliário)
  • Carteira de identidade e CPF
  • Carteira de trabalho
  • Comprovante de residência (conta de luz, gás ou água)
  • Certidão de nascimento
  • Certidão de casamento (para quem for casado)
  • Cópia do IPTU do imóvel
  • Certidão de matrícula do imóvel

Referências

Loading ...
Loading ...