Como ficar na ponta dos pés no balé

Escrito por lynda van kuren | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ficar na ponta dos pés no balé
Executar exercícios especiais pode ajudá-la a se preparar para dançar na ponta dos pés (Comstock/Comstock/Getty Images)

A maioria das meninas mal pode esperar para ficar na ponta dos pés, deslizando pelo palco sem esforço e de maneira etérea. No entanto, o trabalho de ponta é uma tarefa árdua. Antes de uma dançarina ficar na ponta, ela precisa estar bem colocada e ser forte. Os seus pés precisam ser fortes, também, além de flexíveis.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Sapatilhas de ponta
  • Barra

Lista completaMinimizar

Instruções

    Instruções

  1. 1

    Aumente a flexibilidade nos pés e nos tornozelos, se eles forem rígidos. Você precisa ter mobilidade suficiente para ficar de pé na ponta dos dedos. Estique uma perna à sua frente. Depois, incline-se para frente e coloque uma mão de cada lado dos dedos e por trás deles, na planta do pé. Delicadamente, empurre o pé em direção ao solo até sentir um alongamento. Mantenha assim por 8 contagens. Repita com o outro pé.

  2. 2

    Adquira controle sobre os músculos dos pés, o que a ajudará a se equilibrar e a evitar o alinhamento impróprio dos pés quando estiver na ponta deles. Sente-se no chão com as pernas esticadas à sua frente. Flexione os tornozelos para que os pés apontem para o teto. Lentamente, coloque os pés na ponta, mantendo os tornozelos flexionados (inclinados para cima), depois coloque os dedos em ponta. Faça o processo inverso. Flexione os dedos, depois flexione os tornozelos, voltando à posição inicial. Certifique-se de que os pés não fiquem na posição de foices (virados para dentro), ou de asas (virados para fora) nenhuma vez. Repita o processo oito vezes devagar. Depois repita 16 vezes rapidamente.

  3. 3

    Fortaleça os pés e os tornozelos, o que os capacitará a apoiá-la na ponta, com o levantamento de uma perna. Fique de pé em uma perna e coloque as mãos de leve na barra. Coloque o pé da perna que estiver levantada no tornozelo da perna que está servindo de apoio (sur le cou-de-pied). Lentamente, levante para uma demi-pointe plena, mantendo a perna levantada esticada. O pé dessa perna não deve ficar na posição de foice ou de asa e os dedos devem ficar relaxados. Abaixe. Faça duas séries de 10 desses exercícios.

  4. 4

    Melhore o equilíbrio. Fique de pé em paralelo e segure um pé na posição sur le cou-de-pied (tocando o tornozelo da sua perna elevada). Equilibre-se com os braços na primeira, segunda e quinta posições por 10 segundos. Repita com a outra perna. Quando tiver dominado isso, tente equilibrar-se em posições progressivamente mais difíceis. Equilibre-se em sur le cou-de-pied enquanto inclina a cabeça, executando uma fondue (dobrando e inclinando o joelho da perna de apoio enquanto estica a perna elevada ao mesmo tempo) e em uma prancha de equilibrista. Repita os equilíbrios enquanto gira.

  5. 5

    Certifique-se de manter-se no giro. É mais difícil manter-se no giro na ponta. Por isso, tome consciência disso e use os seus músculos de giro. Deite-se de bruços com as pernas esticadas. Levante as duas pernas paralelamente e flexione os pés. Vire as pernas para fora, de modo que os pés fiquem na primeira posição. Mantenha assim por três segundos, depois coloque os dedos em ponta e abaixe as pernas para o chão. Execute o exercício do molusco. Deite-se de lado com as pernas dobradas em um ângulo de 90 graus. Coloque a mão do braço de cima no chão à sua frente. Certifique-se de que os quadris formam uma linha reta. Lentamente, levante o joelho de cima, mantendo os dedões juntos, depois retorne à posição inicial. Esse é um movimento pequeno, mas você deve sentir os músculos dos glúteos contraindo. Repita com a outra perna. Faça séries de 10.

  6. 6

    Comece a fazer o trabalho de ponta lentamente na barra. Faça um demi-pliê na primeira posição, depois estique as duas pernas. Depois levante para demi-pointe (meia ponta), mantendo as pernas esticadas. Levante-se em ponta. Volte à meia ponta. Depois, mantendo as pernas esticadas, coloque os dois calcanhares no chão. Repita o exercício 10 vezes.

Dicas & Advertências

  • Certifique-se de alongar as panturrilhas ao se preparar para a ponta e ao fazê-la. Rolar uma bola de golfe ou de tênis debaixo dos pés ajuda a relaxar os músculos dos pés e das panturrilhas. Certifique-se de que as suas sapatilhas de ponta se ajustam corretamente. Se você é uma principiante, faça-as serem profissionalmente ajustadas. Peça ao seu instrutor para acompanhá-la.
  • Nunca fique na ponta da sapatilha até que o seu instrutor diga que você está pronta. Se não, pode se machucar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível