Filhotes de gato com barriga inchada e desidratados

Escrito por louise krona | Traduzido por marisa mangrum
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Filhotes de gato com barriga inchada e desidratados
Lombrigas são comuns em filhotes do que em gatos adultos. (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

Criar filhotes de gato, especialmente se a mãe não estiver por perto, pode ser uma tarefa difícil, que dura o tempo todo. Algumas dicas de pessoas com experiência em cuidar de filhotinhos podem ajudar a resolver problemas comuns de saúde e quando será necessário leva-lo ao veterinário ao identificar inchaço ou desidratação.

Outras pessoas estão lendo

Gás

Os filhotes de gatos sendo amamentados com mamadeiras ao invés de suas mães podem ingerir muito ar enquanto estão sendo alimentados. Já que humanos jamais poderão alimentar filhotes de gatos da mesma forma que suas mães, às vezes os animais ficam com muita fome entre suas refeições, tornam-se frenéticos e acabam comendo muito rápido. Alimentá-lo com mais frequência e regularmente ajudará a diminuir o problema, mas se a situação existir, procure não apertar a mamadeira para sair mais fórmula. Isso fará gases entrarem no estômago e criar desconforto. Quando o filhote estiver mais velho, use uma tesoura ou lâmina para cortar um orifício maior no bico da mamadeira para fazer o líquido sair mais rápido.

Filhotes de gato com barriga inchada e desidratados
As mamadeiras podem deixar entrar no estômago do filhote. (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

Vermes

Parasitas internos podem causar estômago inchado em filhotes. Isso é especialmente comum em gatos de rua ao terem os filhos sido encontrados. Os vermes vêm da mãe, que foi exposta ao solo. Lombrigas são mais comuns em filhotes do que em gatos adultos, os quais têm frequentemente tênia. Os vermes deles são bem comuns e não são transmitidos aos humanos. O veterinário pode receitar um vermífugo em pílula ou pasta, recomenda-se repetir o tratamento depois de três semanas.

Prisão de ventre

Um filhote de gato precisa de estímulo de sua mãe para urinar e defecar. A mãe lambe abaixo do rabo dele para ajuda-lo com suas necessidades. Um sinal de um filhote com prisão de ventre é quando sua barriga está inchada. Para agir como a mãe, pegue um pano ou pedaço de algodão umedecido e passe no bumbum do filhote até ele defecar. É recomendado que isso seja feito depois de cada refeição ou pelo menos três vezes por dia. Um veterinário poderá administrar um supositório. Prisão de ventre pode causar desidratação.

Desidratação

Um gato jovem pode estar desidratado por não ter acesso ao leite da mãe ou à ela, se ele for o menor da cria. Vômito e diarreia pode causar o problema também. Falta de hidratação pode afetar as fezes e dificultar a eliminação delas. Observe sintomas como boca seca e urina escura. Aperte gentilmente a pele da barriga, para fazer um teste. Se a pele ficar marcada, ele pode estar desidratado. Soluções de glicose e eletrólitos podem ser dadas para restaurar a hidratação. Procure dar a ele leite diluído e gradualmente volte ao leite normal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível