on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Fisiologia e anatomia vegetal de uma cebola

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Em qualquer organismo vivo, a anatomia e a fisiologia estão intimamente ligadas. Em uma cebola, isso não é exceção. Dentre os botânicos -- pesquisadores que estudam os vegetais --, os termos populares alternativos a anatomia e fisiologia são forma e função. A forma de uma cebola, seja geral ou microscópica, está estreitamente relacionada à sua função ou fisiologia. Muitos processos fisiológicos complexos entram em ação à medida que o vegetal sobrevive e se desenvolve.

A cebola é um vegetal familiar com uma anatomia incomum (Comstock/Comstock/Getty Images)

Raízes

Algumas plantas, como a cenoura, têm raízes caracterizadas por uma raiz dominante central que adentra o solo. Outras têm sistemas radiculares fibrosos que consistem em uma massa muito densa de raízes individuais menores. A cebola apresenta um sistema radicular do tipo fibroso. Suas raízes realizam funções típicas de muitas plantas. Ela tem uma estrutura interna microscópica de tecidos condutores, denominados xilema e floema, que servem como suporte estrutural e transportam água e nutrientes ao longo da planta.

Loading...

Caule

O caule é uma característica comum a muitas plantas que florescem. Em muitas delas, ele é uma estrutura alongada, praticamente vertical. A cebola é um pouco incomum devido ao seu caule ser bastante reduzido. Observando as partes de uma cebola madura logo acima do solo, não é possível ver o caule até bem próximo ao solo, na base do bulbo. Devido a essa forma diferente, a fisiologia e a função desse caule são semelhantes às de outros vegetais, já que ele conduz água e nutrientes a outras partes da planta.

Folhas

Pode ser surpreendente saber que o bulbo da cebola, incluindo suas múltiplas camadas, na verdade é composto por folhas -- altamente modificadas, mas ainda assim folhas. Elas servem como estruturas de armazenamento de nutrientes para a planta. O topo da parte subterrânea da cebola -- as raízes e o bulbo -- é a continuação do conjunto de folhas. Aquelas que estão acima do solo, porém, são tubulares e verdes. Seu papel fisiológico é absorver a energia luminosa e conduzir a fotossíntese. Esse processo sintetiza os açúcares que nutrem o vegetal, incluindo as folhas bulbosas abaixo.

Flores e sementes

Embora o jardineiro que cultive cebolas possa não estar interessado em suas flores ou sementes, a cebola é uma planta que produz essas estruturas. Ela gera flores que os botânicos classificam como umbelas. Uma umbela é uma cabeça florida com múltiplas flores individuais que lembram um guarda-chuva. Uma vez polinizada, ela se desenvolve e amadurece em sementes. Quando as sementes encontram um ambiente adequado, germinam, amadurecem, florescem e dão frutos. Assim, continuam o ciclo de vida da planta.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...