Fontes de energia na Revolução Industrial

Escrito por amy jensen | Traduzido por jacques baroukh aben athar de alcantara
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fontes de energia na Revolução Industrial
Muitos recursos utilizados durante a Revolução Industrial ainda são usados atualmente (industrial 4 image by Yuri Timofeyev from Fotolia.com)

Os recursos utilizados para fornecimento de energia durante a Revolução Industrial tiveram um enorme impacto histórico, além de despertarem uma revolução que mudaria o mundo, tanto tecnologicamente quanto ambientalmente. Por mais que os impactos dessa revolução não tenham sido percebidos até muitas décadas depois, eles impulsionaram o mundo para frente em termos de produção, distribuição e tecnologia. Apenas algumas fontes eram usadas para obtenção de energia naquela época, mas as novas invenções e recursos descobertos durante a Revolução Industrial foram o que definiram as características dessa era.

Outras pessoas estão lendo

Lenha

A lenha era o recurso primário utilizado para a produção de energia antes da Revolução Industrial, mas começou a ficar escassa, de forma que foi necessário descobrir novas fontes energéticas. A madeira estava se tornando um material cada vez mais difícil de ser encontrado, e não poderia ser rapidamente renovado em uma abundância suficiente para atender à demanda. Consequentemente, o carvão vegetal também não podia ser utilizado desenfreadamente, já que ele é feito a partir da queimada de madeira.

Carvão

A principal fonte utilizada para produzir energia durante a Revolução Industrial era o carvão. A diminuição da quantidade de árvores para produzir lenha levou a uma maior popularidade do carvão, especialmente na Inglaterra, onde ele existia em abundância. Os usos anteriores do vento, da água e da madeira para obtenção de energia foram substituídos pelo carvão, que era capaz de produzir altos níveis de calor, alimentando máquinas muito mais eficientes que o lento trabalho manual. O carvão, por si só, parece ter impulsionado o início da revolução, criando um estilo de produção muito mais rápido que o normal. Essa fonte era conveniente, pois podia ser utilizada em sua forma natural e era, na época, abundante.

Vapor

Em 1705, o motor a vapor foi inventado e inicialmente utilizado para bombear água para fora das minas de carvão, que frequentemente inundavam. No entanto, ele não era capaz de gerar energia. Depois que o motor foi melhorado, entre as décadas de 1760 e 1780, ele adquiriu a capacidade de gerar potência, e o carvão passou a ser queimado para o funcionamento de máquinas. Foi assim que as estradas de ferro começaram, com o desenvolvimento do motor a vapor -- outro principal ponto marcante da Revolução Industrial.

Consequências

A Revolução Industrial utilizou recursos não-renováveis em quantidades massivas, o que causou grandes impactos para o meio ambiente. Foram necessários vários anos para descobrir os efeitos dessas fontes de energia. No entanto, os avanços em produção e tecnologia foram o que nos permitiu descobrir novas fontes de energia renováveis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível