×
Loading ...

Como se livrar de um corpo ao estilo hollywoodiano

Getty Images

Introdução

O bom e velho cinema de Hollywood, com sua criatividade, criou várias técnicas sofisticadas para se livrar de vítimas de homicídio. Mas quais as opções mais práticas em sua coleção de DVD e qual escolher? Isso vai depender de muitas coisas, como sua localização e recursos, assim como também de quão forte for seu estômago. Vamos dar uma olhada em algumas das suas opções e ver como aplicá-las na vida real.

Courtsey of Columbia Pictures

Jogue para os porcos

Comentado no filme "Snatch - Porcos e Diamantes" e usado ​​na série "Deadwood", alimentar porcos com os restos mortais de suas vítimas deixará pouco rastro. "Eles comem ossos e crânio como se fossem manteiga", afirma Brick Top em "Snatch". No entanto, a menos que crie seus próprios porcos, tenha um amigo agricultor ou pense que pode se safar alimentando bichos de um estranho, você está completamente perdido. Transportar o corpo também pode ser preciso se você não tiver seus próprios animais.

Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images

"Enterre" no mar

Despejar, com sucesso, sua carga no mar significa que é quase certo que ninguém encontrará o corpo. A flutuabilidade é seu principal inimigo se você não tem um barco para levá-lo com segurança para longe da terra firme. Muitos membros da máfia têm usado o velho truque de cimentar os pés da vítima em blocos de concreto para garantir que eles não só durmam com os peixes, mas que também fiquem no fundo tempo suficiente para ser comidos por eles. Outros métodos incluem amarrar a vítima com correntes.

Courtsey of AMC

Banho de ácido

Muito na moda devido à popularidade da série "Breaking Bad", o banho de ácido irá deixar nada além de um líquido que pode ser despejado no ralo ou em qualquer outro curso de água. Primeiro, você vai precisar de uma fonte gigantesca de ácido fluorídrico e o tipo certo de banheira de plástico. Um verdadeiro banho esmaltado (como Jessie Pinkman descobriu na série) vai dissolver facilmente sua infeliz vítima. Você também vai precisar de uma máscara de gás para lidar com os gases nocivos - um detalhe omitido na série de TV. Além disso, colocar suas mãos no ácido vai ser um problema e a eliminação do líquido corporal irá exigir um trabalho pesado - muito pesado para uma pessoa só, ao menos que você se desfaça do líquido de pouco a pouco em garrafas velhas de refrigerante.

Getty Images

Cova rasa no mato

Como usado em "Cova Rasa" e "Os Bons Companheiros", as chances de descoberta são bastante elevadas, a menos que você viva numa área pouco povoada, onde a circulação de pessoas é menor. Em "Cova Rasa", foi tomado o cuidado extra de cortar as mãos e pés, além de remover os dentes da vítima e queimá-los no incinerador de um hospital. Se acontecer de você viver em Las Vegas (ou simplesmente matar alguém lá) tem o deserto de Mojave inteiro à sua disposição. Assista a "Cassino" para ver mais detalhes.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Incinerando

A incineração não vai deixar nenhum vestígio, como Christopher Lee assustadoramente nos diz. Você pode pensar que se ele estava tão preocupado com os vestígios, poderia ter escolhido um método menos ostensivo. Aqui, você tem opções. Todo o corpo vai levar um longo tempo para queimar e vai exigir uma grande quantidade de combustível. Em pedaços, você pode ser capaz de incinerá-lo em silêncio e discretamente, mas cortar um corpo em pedacinhos será um trabalho sujo. Se você tem um amigo que trabalha no crematório, pode considerar incluir sua vítima com o próximo "cliente" dele, como o senhor Wint e Kidd fizeram para James Bond em "007 - Os Diamantes São Eternos". E nem precisa dizer que não funcionou.

Courtsey of Mersey Television

Enterre no quintal

Como usado na novela inglesa "Brookside" e por Fred e Rosemary West, manter o corpo em locais próximos não ocasionará o inconveniente do transporte ou a possibilidade de ser visto. Você tem todo o tempo do mundo para desinfetar a sua casa depois de assistir a alguns episódios de CSI para ter mais instruções e para trabalhar em seu álibi. Mas, se você for pego, será em flagrante. Um cadáver fresco no seu quintal é algo muito difícil de explicar às autoridades.

Courtsey of Shamley Productions

Secando

Um dos meios favoritos dos psicopatas é secar a vítima para mantê-la por mais tempo. Isso pode ser porque ela é um ente querido, como a mãe de Norman Bates em "Psicose", e você não consegue lidar com a morte. As técnicas podem variar desde a abordagem "lassaiz faire" de simplesmente deixar a natureza seguir seu curso e esperar o melhor ou desenhar uma roupa elegante feita das peles bronzeadas de sua vítima, como Buffalo Bill, em "O Silêncio dos Inocentes".

Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images

Desmembrar

No final de "Coração Valente" é dito que Longshanks cortou o corpo de William Wallace e o enviou para os quatro cantos da Grã-Bretanha como um aviso para os rebeldes em potencial. Obviamente, isso era "legal" na época, mas espalhar restos de uma vítima pode tornar mais difícil de identificá-la e, portanto, mais fácil para evitar ser preso. Se você está, de novo, confrontando o terrível potencial de começar a serrar a vítima você mesmo, então tem que encontrar lugares remotos para enterrar os restos. Tente combinar essa com uma ou mais das outras técnicas que ensinamos.

Courtsey of Warner Bros

Congele

Há riscos semelhantes entre deixar um corpo no freezer e enterrar em seu quintal. Manter o corpo próximo é bom para reduzir o número de variáveis ​​desfavoráveis, mas uma vez que ele for encontrado, você irá para trás das grades. Os Fratellis escolheram esconder a vítima no freezer em "Os Goonies", assim como Walter em "Asilo Sinistro". No mundo real, assassinos já passaram anos livres antes de serem descobertos. Sua principal preocupação aqui deve ser a aquisição de uma máquina confiável e evitar cortes de energia. Quando voltar de uma viagem, a última coisa que você quer é uma garagem repleta de moscas, ratos e policiais.

Getty Images

Mala no canal

Um dos meios favoritos dos assassinos durante anos foi a mala jogada no canal, que resolve diversos problemas. Em primeiro lugar, você tem a questão do transporte - talvez valha a pena investir numa mala com rodas - e o benefício de ocultação na água sem ter que usar pesos de cimentos ou correntes. Nos canais você terá mais problemas com pedestres próximos e embarcações, mas como todos os outros detritos jogados nos canais, ninguém irá notar nada, a menos que as autoridades realizem uma dragagem. Infelizmente, na vida real, vilões estão muito a frente da polícia.

Courtsey of Strong Heart/Demme Production

Coma

"O Silêncio dos Inocentes" e uma riqueza de filmes italianos sobre canibais nos anos 1970 e 1980 nos ensinou que pode comer sua vítima para destruir as provas, desde que você tenha estômago - e as receitas certas - para fazer isso. A carne humana tem gosto de carne de porco, supostamente, então, use isso como um incentivo. A menos que você tenha uma família grande ou uma quadrilha, terá um monte de carne da qual se livrar. Se sua moral caiu drasticamente, pode considerar alimentar outras pessoas com a carne. Se você não tem um restaurante próprio, converse com um dono de um café local.

Christopher Furlong/Getty Images News/Getty Images

Poste nos correios

Mais para passar uma mensagem do que encobrir um crime brutal, postagem é uma forma de se livrar das partes cortadas da vítima (veja o slide 8). O governo do Canadá já foi o destinatário desse tipo de correspondência e processos judiciais estão em andamento contra o principal suspeito. Flat Stanley, a partir do livro de mesmo nome, postou a si mesmo vivo, mas ele era magro e ficcional. Usar os Correios na época de Natal para dispor as partes de um corpo pode lhe dar tempo suficiente para, pelo menos, fugir do país. Por isso, não descarte a ideia completamente. No entanto, esse método irá custar os olhos da cara em selos. Vá de classe econômica.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Venda para pesquisa científica

Houve uma breve mania no século 19 que era roubar e vender os corpos das sepulturas para pesquisadores. Os Burke e Hare da vida real fizeram isso para o anatomista Robert Knox e outros, mas depois começaram a matar pessoas quando o "suprimento" acabou. Um filme de comédia foi feito sobre a dupla em 2010. Você pode lutar para encontrar um mercado nos dias de hoje, mas há muitas histórias de horror sobre pessoas sem escrúpulos que roubam partes de corpos. Faça alguma pesquisa, se possível antes - ninguém quer um cadáver em decomposição, a menos que você combine esse método com o de congelamento (veja os slides anteriores).

Divulgação

Finja que eles não estão mortos

Isso é conhecido no comércio como um último recurso. Talvez você tenha um motivo muito forte para fazer com que o resto do mundo ache que a vítima ainda está viva. É preciso nervos de aço ou apenas um bom senso de humor, como o da dupla de "Um Morto Muito Louco". Você tem que agir rapidamente para evitar cheiros suspeitos e ter em mãos um par de óculos de sol. Se você tiver tempo para planejar, faça exercícios para aguentar pesos maiores, porque será necessário que faça o corpo da vítima se mexer, especialmente se você for dar uma festa. Acredite ou não, pessoas no mundo real já tentaram isso. Não preciso dizer que eles foram presos.