Com que frequência você deve fazer o exame de colesterol?

Escrito por ranlyn oakes | Traduzido por caroline zemuner
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Com que frequência você deve fazer o exame de colesterol?
Os exames de colesterol são métodos fáceis para medir o nível deste componente no sangue (Siri Stafford/Photodisc/Getty Images)

Manter o colesterol sob controle é essencial para a saúde cardiovascular. Ao mesmo tempo que o colesterol é necessário até certo nível, o excesso seria um fator contribuinte para o ataque cardíaco e risco de derrame, de acordo com a Heart Association. Felizmente, os níveis de colesterol são fáceis de serem testados. Se os seus níveis não forem apropriados, seu médico poderá prescrever medidas para diminuí-los, incluindo mudanças de estilo de vida e medicações. Conhecer quais tipos de exames são necessários e quando realizá-los é a chave para manter uma boa saúde cardíaca em toda fase da vida.

Outras pessoas estão lendo

Significado

Mesmo não querendo ter muito colesterol, seu corpo não pode viver sem uma certa quantidade dele. O corpo usa a substância gordurosa para produzir membranas celulares e certos hormônios. Na maioria dos casos o corpo produz todo o colesterol que ele necessita. O colesterol dos alimentos, como em gemas de ovos, produtos lácteos e na carne, é parte do que causa altos níveis de colesterol no sangue. Fazer o exame de colesterol desde o início da idade adulta pode te ajudar a controlar um problema em desenvolvimento antes de se tornar uma complicação maior na saúde.

Tipos

Os médicos usam diversos tipos de medidas para examinar seu risco de doença cardíaca pelo colesterol. O mais comum é o colesterol total, contado em miligramas por decilitro de sangue. O exame é geralmente feito juntamente com uma medida de lipoproteína de alta densidade (HDL), o "bom" colesterol. A lipoproteína de baixa densidade, ou "mau colesterol" LDL, também pode ser medido, junto com os triglicerídeos. Um teste de perfil lipoproteico para todas as substâncias químicas. Você realizará os mesmo tipos de testes para o colesterol seja qual for a idade que comece a fazer os exames.

Frequência

A American Heart Association recomenda que se realize um perfil lipoproteico em jejum a cada cinco anos para pessoas acima de 20 anos. Mas algumas pessoas, segundo o AHA, devem fazer os testes com mais frequência. Estas são: homens acima de 45 anos, mulheres acima de 50 anos, pessoas com colesterol total de 200mg/dL ou mais alto, pessoas com o HDL menor que 40 mg/dL e aquelas com fatores de risco adicionais para doença cardíaca. O colesterol também é testado com mais frequência, talvez até algumas vezes ao ano, em pessoas que estão tentando, sob orientação médica, diminuir seu colesterol através de dieta ou medicações. Pessoas com menos de 20 anos geralmente realizam os exames somente se possuem fatores de risco específicos.

Jovens

A triagem do colesterol é realizada em crianças e adolescentes que têm um risco elevado de desenvolver doenças cardíacas mais tarde. São semelhantes aos fatores de risco de adultos, incluindo a obesidade, o histórico familiar, o tabagismo, a diabetes mellitus, a hipertensão e uma dieta rica em gorduras. Em um jovem que é obeso, o exame de colesterol deve ser realizado a cada dois anos. As crianças com fatores de risco devem realizar seu primeiro teste entre dois e 10 anos de idade, segundo recomenda a American Academy of Pediatrics. Qualquer criança menor de dois anos é considerada muito jovem para realizar o exame.

Níveis apropriados

O "mau colesterol" LDL é considerado alto se está em 160 miligramas por decilitro ou maior. Se você tem muito deste colesterol, o mesmo pode acumular-se e contribuir para a formação de placas nas artérias, e encadear um derrame ou ataque cardíaco. Pessoas que já são portadoras de doença cardíaca podem precisar de metas menores para o LDL, como 100 miligramas por decilitro ou 70 miligramas por decilitro. Por outro lado, o HDL te protege contra doenças cardíacas, de acordo com a AHA, possivelmente diminuindo o crescimento de placas. Se o HDL é menor do que 40 miligramas por decilitro em homens ou 50 miligramas por decilitro em mulheres, é considerado muito baixo.

Não perca

Recursos

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível