Frutas e especiarias havaianas

Escrito por patricia telesco | Traduzido por aline fernandes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Frutas e especiarias havaianas
O abacaxi tornou-se uma importante colheita comercial no Havaí (pineapple image by Maria Brzostowska from Fotolia.com)

A culinária havaiana possui influências tanto antigas quanto modernas. Historicamente, os métodos culinários nativos incluíam assar sobre brasas, cozinhar alimentos em folhas de Ti e grelhar sobre cinzas quentes. Conforme pessoas da China, do Japão, da Coreia, de Samoa e do Vietnã chegaram às ilhas, elas trouxeram vários sabores, frutas e especiarias que, com o tempo, incorporaram elementos tradicionais. É possível encontrar influências asiáticas ao longo das ilhas, misturadas de forma a satisfazer familiares, amigos ou turistas.

Outras pessoas estão lendo

Fruta-pão

Os havaianos cozinham fruta-pão (Artocarpus altilis) com casca sobre brasas. Os viajantes polinésios disseminaram o corte de raízes pela região durante suas viagens, carregando a fruta consigo. Diz o mito havaiano que o deus da guerra Ku casou-se com uma mortal e viveu na Terra até a fome atingir a aldeia. Para salvá-los da inanição, ele desapareceu no solo, e as lágrimas de sua família regaram a terra. Foi nesse local que cresceu a primeira fruta-pão, salvando o vilarejo.

Maracujá

O maracujá chegou ao Havaí da Austrália nos anos 1880. Os havaianos apreciaram a fruta como uma planta de jardim. A Universidade do Havaí escolheu o maracujá como um cultivo promissor e, no final dos anos 1950, mais de 480 hectares terra foram cultivados para o plantio de maracujá para fins econômicos.

Abacaxi

O abacaxi (Ananas comosus) chegou ao Havaí do Paraguai e do Brasil. Em 1950, o industrialista americano James Dole abriu um negócio em Oahu, criando a Plantação de Abacaxi Dole que, desde então, transformou-se em um centro de visitantes. Lá você pode caminhar mais de três quilômetros em um labirinto de abacaxi e desfrutar de milhares de plantas nativas. Embora não seja nativo do Havaí, o abacaxi aparece regularmente em receitas nativas.

Huli-Huli

Huli-Huli é a resposta havaiana ao molho e à marinada para churrascos. É uma mistura de ketchup, gengibre, soja e açúcar havaiano, com alguns toques pessoais feitos pelo cozinheiro. O nome Huli-Huli significa "vira-vira". É a palavra que os havaianos antigos usavam quando a carne assando sobre as brasas estava pronta para ser virada.

Furikake

O furikake mistura sementes de gergelim e algas marinhas com açúcar e sal. Embora seja um condimento tradicionalmente japonês, os havaianos utilizam o furikake em pratos com peixe e arroz. Além disso, os ingredientes do furikake podem incluir missô, legumes e okaka (flocos de peixe bonito).

Alaea

Alaea é o famoso sal rosa do Havaí. Esse sal possui uma cor rosada derivada de mais de 80 minerais vestigiais, incluindo óxido de ferro. Antigamente, os havaianos utilizavam alaea em rituais de purificação. De um ponto de vista culinário, o alaea é adicionado ao tempero do churrasco ou a vários pratos havaianos tradicionais, como Poke.

Bananas

As bananas não são frutas verdadeiras -- são ervas. Os malaios trouxeram as bananas (Musa) para o Havaí nos primórdios da história como uma cultura básica. As bananas continuam sendo tanto um grupo alimentar quanto um cultivo comercial nas ilhas. O Serviço de Estatística Agrícola do Havaí afirma que o país produziu mais de 14.000 toneladas de bananas em 2001.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível