Que frutas são ricas em carboidratos?

Escrito por charisse esmeralde | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que frutas são ricas em carboidratos?
Saiba quais frutas são ricas em carboidratos (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Enquanto algumas são ricas em carboidratos, frutas frescas são boas fontes de fibras, vitaminas e minerais essenciais para a manutenção da nossa saúde. Conservas, frutas secas e sucos frequentemente possuem um teor mais elevado de carboidratos, poque os açúcares são adicionados durante o processo de fabricação e não fornecem nenhum valor nutricional agregado.

Outras pessoas estão lendo

Frutas ricas em carboidratos

Entre as frutas que contêm mais carboidratos estão as maçãs, bananas, laranjas e peras, assim como tâmaras e figos. Os frutos consumidos em sua plena maturação têm mais carboidratos do que em seus estados menos maduros.

Frutas em conserva e secas

Conservas de frutas tendem a ter mais carboidratos do que frutas frescas, se açúcar for adicionado durante a fabricação. Todas as frutas secas, como passas, ameixas e damascos secos, são significativamente mais elevadas em hidratos de carbono do que as frescas.

Sucos de frutas

Sucos de frutas feitos em seu liquidificador têm os mesmos níveis de carboidratos que as frutas frescas que você está usando, desde que você não adicione mel ou açúcar. Vitaminas compradas em mercearias e sucos industrializados, por outro lado, têm mais carboidratos.

Total de carboidratos

Quando for ler etiquetas com informações nutricionais sobre um produto, é importante lembrar que o nível total de carboidratos é calculado para incluir tanto fibras alimentares como açúcares. As fibras são a porção saudável de qualquer carboidrato que você consome, enquanto os açúcares não o são. Muitas marcas têm agora listas separadas para o total de carboidratos e fibras alimentares, mas nem sempre o teor de açúcar é informado. Neste caso, você deve ler o fim do rótulo, onde os ingredientes são listados. Procure o açúcar sob qualquer forma, incluindo frutose, glicose, dextrose, xarope de milho e mel. Se ele está entre os primeiros ingredientes listados, o produto é rico em açúcar. Se aparecer mais perto do fim da lista, o conteúdo de açúcar é mais baixo.

Carboidratos versus gorduras

Muitas pessoas passaram a pensar em carboidratos como a causa do ganho de peso, quando na verdade o que mais contribui para isso é o teor de gordura presente nos alimentos. Frutas frescas podem ser rica em carboidratos, mas elas contêm pouca ou nenhuma gordura e são ricas em fibras, vitaminas e minerais essenciais. Doces e bolos, por outro lado, são ricos em carboidratos e gorduras. Eles também não contêm fibras, vitaminas e minerais. Consumir grandes porções desses alimentos é o que perpetua o ganho de peso.

Moderação

A chave para uma dieta saudável e equilibrada é a moderação. O ganho de peso ocorre quando são consumidas mais calorias do que o corpo pode utilizar em um determinado momento. Moderar a quantidade do que se consome é um bom ponto de partida para garantir que as calorias e gorduras consumidas sejam utilizadas e não armazenadas como gordura. Se você não pode deixar de consumir seus doces inteiramente, frutas podem ajudar a amenizar a fome e uma rotina de exercícios ajudará a quebrar as gorduras adicionais que são consumidas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível