Qual a função do modem?

Escrito por clare edwards | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual a função do modem?
Os modens podem mandar e receber dados através de linhas de telefone (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os modems são usados ​​para transmitir informação digital através de sistemas analógicos. A palavra "modem" é derivada do termo "modulador-desmodulador". Suas funções essenciais são de modular um sinal com informação analógica para um sinal com informação digital e para desmodular um sinal semelhante, a fim de decodificar a informação digital proveniente de um sinal de informação analógica.

Outras pessoas estão lendo

Sinais modulados

A função essencial de um modem é criar um sinal facilmente transmitido e decodificado que permita o envio, de um lugar a outro, de dados digitais, sem perda de informação. O uso mais conhecido de modems é enviar informações através de um canal de telefone, mas eles podem ser utilizados para transmitir dados ao longo de qualquer sistema que proporcione um meio de transmissão de sinais analógicos, incluindo redes de rádio e ópticas.

Compressão de dados

Para reduzir o tempo que leva para enviar dados e para reduzir a quantidade de erros no sinal, os modems precisam empregar a compressão de dados, o que foi especialmente necessário nos primeiros dias da tecnologia de modem, uma vez que os dados tinham que ser enviados através de linhas telefônicas convencionais. Não sendo concebidas para informação digital, as linhas telefônicas impõem pesadas limitações em relação ao tamanho e à velocidade de sinais enviados através delas. As técnicas de compressão de dados reduzem o tamanho do sinal necessário para enviar os dados requeridos.

Correção de erros

Quando a informação é transmitida entre modems, ela pode, as vezes, ser danificada -- o que significa que partes dos dados são alterados ou perdidos. Para contornar essa situação, os modems usam a correção de erro. As informações são agrupadas em lotes, chamados quadros. Cada quadro é codificado com uma soma de verificação, um pequeno pedaço de dados derivados a partir da informação na moldura. A soma de verificação pode ser considerada como uma espécie de impressão digital, única para os dados de uma estrutura particular. O modem que recebe a informação deriva a sua própria soma de verificação a partir do quadro do qual ela foi enviada e, em seguida, compara os dados de soma de verificação com a soma de verificação enviada pelo modem de transmissão. Se eles combinam, a informação não está corrompida. Se não combinarem, os dados foram corrompidos na transmissão. O modem receptor envia de volta e espera que o modem de transmissão envie novamente aquele quadro.

Controle de fluxo

Modems individuais enviam informações em velocidades diferentes. É necessário que os modems mais rápidos desacelerem de modo que os mais lentos possam alcançá-los, caso contrário, o mais lento receberá mais dados do que pode processar. Se isso começar a acontecer, o mais lento transmite um sinal para o mais rápido fazer uma pausa no envio de informações até que o modem lento se equipare. Quando o modem lento está pronto para mais dados, ele envia um sinal diferente, que sinaliza para que o modem rápido comece a transmitir novamente. Dessa forma, os dois modems podem combinar as suas velocidades.

Classificação da velocidade do modem

A velocidade de um modem é normalmente classificada pela quantidade de dados que pode enviar em um período de tempo específico, o que é geralmente expresso em termos de bits por segundo (bps). Uma forma alternativa de classificação de velocidade do modem é a alteração no estado do sinal por unidade de tempo -- o número de vezes que um modem envia um novo sinal em um determinado período de tempo. Isso é conhecido como a velocidade de símbolos, e é medido em unidades chamadas baud (Bd).

Modems internos versus externos

Um modem externo é uma unidade discreta alojada em um estojo ou caixa separada. Tipicamente, um modem externo será ligado à linha telefônica e ao computador por meio de cabos. Modems internos são placas de circuitos que se conectam à placa-mãe de um computador. Modems internos podem ser do tipo "dial-up" ou sem fio (Wi-Fi). Os modelos "dial-up" usam a rede telefônica para enviar e receber sinais. Eles exigem autenticação para se conectar e são marcadamente mais lentos do que outros tipos de conexão de modem -- até a data de publicação, a velocidade mais rápida listada para um modem dial-up era 56,6 Kbps. Os modems Wi-Fi não precisam estar ligados à rede telefônica e nem sempre requerem autenticação.

Banda larga: cabo ou modems ADSL

Modems a cabo usam a mesma faixa de frequência de rádio como a de televisão a cabo e têm a vantagem de utilizarem a infraestrutura existente da televisão, permitindo que as empresas de TV a cabo forneçam serviços de internet. Os modems Asymmetric Digital Subscriber Line (ADSL) usam linhas telefônicas para enviar e receber dados, mas fazem uso de uma faixa de frequência diferente de modems usando a faixa de banda de voz. Eles são muito mais rápidos que os modems convencionais de banda de voz. Os ADSL e a cabo são usados ​​para fornecer internet de banda larga, o que permite que mais dados sejam transmitidos, tornando mais rápido o uso da internet.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível