A função random em COBOL

Escrito por j.t. barett | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A função random em COBOL
Um generador de números aleatórios em COBOL ajuda nos cálculos estatísticos (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

A linguagem de programação COBOL, uma das mais velhas ainda em uso, está fortemente orientada a aplicativos de negócios, tais como contabilidade, folhas de pagamento e controle de inventário. No entanto, as novas versões possuem funções matemáticas sofisticadas, incluindo uma para gerar números aleatórios. Embora sejam usados raramente na contabilidade empresarial do dia-a-dia, os números aleatórios ajudam a facilitar cálculos estatísticos e certas classes de técnicas para resolver problemas numéricos.

Outras pessoas estão lendo

Funções

As funções matemáticas do COBOL são parte da divisão de procedimento da linguagem, ou seja, a seção do programa que consiste em sentenças processuais. As funções começam com a palavra reservada "function" seguida do nome da função, como "cos", "random" ou "log". Uma função leva um ou mais argumentos, realiza um processo com eles e retorna um resultado ao programa em COBOL. Algumas funções trabalham com números e valores numéricos, enquanto outras funcionam com dados alfanuméricos.

Random

A função random pede um argumento inteiro não negativo e retorna um número decimal. O argumento é opcional, e é a semente para um processo matemático pseudoaleatório que determina o primeiro número devolvido pela função. Nas linguagens de programação, todos os processos aleatórios são, na verdade, séries longas e repetidas de números que parecem ser aleatórios. Um processo bem escolhido repete os números só depois de bilhões de ciclos e, portanto, é uma fonte prática de números únicos, mesmo que na teoria não sejam puramente aleatórios. Se você passar um argumento à função, ela gerará a mesma sequência de números. Sem o argumento, a função gerará o número seguinte na sequência atual.

Intervalo e distribuição

A função random do COBOL devolve números decimais entre zero e um. Estatisticamente, os números aleatórios têm uma distribuição retangular, o que significa que cada um é igualmente provável. Um gráfico de uma série grande de números aleatórios terá uma linha relativamente plana que se extende entre zero e quase um. Isso contrasta com a distribuição normal ou Gaussiana, que forma uma curva com forma de sino.

Uso

Os números decimais gerados pela função random não são muito úteis por si próprios, mas, se você os multiplicar por um fator de escala, pode criar um intervalo de números aleatórios que podem servir ao seu aplicativo. Por exemplo, para obter números inteiros aleatórios entre 1 e 52, você pode usar a seguinte sentença em COBOL: COMPUTE RANDOM-VALUE = FUNCTION RANDOM (1) * 52 + 1. Aqui, a função gera números entre zero e menos que um; multiplicando-o por 52, obtêm-se números entre 0 e 51. Ao adicionar 1, o intervalo passará a ser de 1 a 52.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível