Qual é a função do tampão tris na extração de DNA?

Escrito por dr. alex tan | Traduzido por kelly isay
Qual é a função do tampão tris na extração de DNA?

O DNA dupla hélice

Photodisc/Digital Vision/Getty Images

O tris, ou tris (hidroximetil) aminometano, é um tampão biológico comum, usado no processo de extração de DNA. Durante a extração de várias fontes, o DNA é sensível ao pH. Durante a lise celular, a remoção de componentes celulares indesejados e a precipitação, o tris é usado para manter um pH estável. Além disso, ele tem um papel particularmente importante na lise celular.

Outras pessoas estão lendo

Tris como tampão

Como o pH pode influenciar e ser influenciado por vários fatores celulares, manter um pH estável é essencial para a ciência experimental. Os tampões biológicos, como o tris, são importantes porque eles podem manter os níveis de pH apesar dos fatores que tentam alterá-lo. O tris aminometano, com um pKa de 8,1, é um tampão eficiente para atuar entre o pH 7 e o 9. Devido ao seu intervalo neutro, o tris é comumente utilizado em laboratórios biológicos. Contudo, esse tampão é sensível às variações de temperatura, então ele deve ser usado com a mesma temperatura original de quando seu pH foi inicialmente medido, para evitar imprecisões de dados.

Lise celular

A lise, ou ruptura das células, é o primeiro passo da extração de DNA. Isso é feito com um tampão contendo EDTA (ácido etilenodiaminotetracético). O EDTA liga cátions divalentes como o cálcio e o magnésio. Já que esses íons ajudam a manter a integridade da membrana celular, eliminá-las com o EDTA desestabiliza a estrutura. O tris é o principal componente tamponante, sendo que sua função principal é manter o pH do tampão estável, geralmente 8. Além disso, o tris tem a tendência de interagir com o LPS (lipopolissacarídeo) na membrana, servindo para desestabilizá-la ainda mais.

O tris protege o DNA contra alterações de pH

Quando as células são rompidas, o DNA e seus conteúdos são transferidos para o tampão. Além disso, as RNAses (que destroem RNA), as proteases (degradam proteínas) e o SDS (sulfato dodecil de sódio, que solubiliza os fragmentos de membrana) geralmente são adicionados. Juntos, essa sopa de conteúdo celular, RNA e proteínas fragmentadas podem ter um grande impacto no pH da solução. Devido ao fato do DNA ser sensível ao pH, é importante que o tris seja o tampão dessa mistura, para manter um ponto estável na solução.

Precipitação do DNA

No estágio final da extração de DNA, o material genético em si é extraído da solução. Nesse ponto, o DNA é solúvel no tampão. Para extraí-lo da solução, torna-se o DNA insolúvel acrescentando etanol ou isopropanol (álcool isopropílico). Quando isso é feito, o DNA se torna evidente na solução, na forma de uma substância branca filiforme. Embora o DNA possa ser isolado dos componentes celulares restantes dessa forma, isso não é possível quando ele está em sua forma insolúvel. Depois do isolamento, o álcool é removido e o DNA deve ser retornado ao seu tampão biológico, para poder ser usado.

Faça você mesmo

Embora a extração do DNA seja comumente feita em laboratórios de pesquisa usando vários kits comerciais disponíveis, qualquer um pode fazer uma extração em casa, usando itens domésticos comuns e ervilhas ou espinafre. Nesse caso, nem o tris, ou qualquer outro tampão biológico, estará presente para proteger o DNA de variações de pH. Contudo, esse é um jeito visual de ajudar os alunos a se familiarizarem com o DNA celular.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media