Como funciona a fita kinésio?

Escrito por carolyn williams | Traduzido por rafael affonso de andré
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como funciona a fita kinésio?
Como funciona a fita kinésio? (running image by Byron Moore from Fotolia.com)

Outras pessoas estão lendo

Fita kinésio

A fita kinésio é baseada na kinesiologia, que é a ciência da anatomia, fisiologia e mecânica corporal. É fundamentada na ideia de que o corpo pode curar a si mesmo caso tenha o apoio adequado. Você pode ver a fita nos ombros de jogadores de voleibol nas Olimpíadas ou na panturrilha de um corredor amador. O uso consiste em passar a fita nos músculos para reduzir dores e inflamações, para relaxar músculos cansados que sofrem de excesso de uso e para dar suporte ao movimento muscular. A fita não restringe os movimentos e permite que se mova normalmente, o que é essencial para atletas que estão se recuperando de lesões ou tentando evitá-las. Ela deve ser aplicada por um profissional treinado. Você pode colocá-la caso tenha sido treinado para isso e consiga atingir a elasticidade necessária nas áreas apropriadas.

Processo físico

Se usada corretamente, pode ser que você nem a sinta em seu corpo. O seu fisioterapeuta ou profissional de medicina esportiva estica suavemente sua pele para aplicar a fita. Para dar apoio, ela é colocada na origem do músculo que deverá auxiliar. Para processo de reabilitação, ela é colocada e esticada na direção oposta. A meta é ajudar o músculo a trabalhar com a biomecânica correta. Além disso, a fita auxilia a manter o fluxo sanguíneo adequado e faz drenagem linfática, ajudando, assim, na reabilitação de músculos machucados ou na prevenção de novas lesões.

Processo mental

Além de auxiliar no funcionamento da mecânica corporal, a fita kinésio também ajuda os atletas mentalmente. Como ela não restringe, um atleta pode praticar exercícios usando a área afetada com força total. E como ela dá suporte à área, a dor é minimizada, fazendo com que os esportistas sintam menos medo de se mover. Além disso, ao tirar a dor, ou o medo de sentir dor, o atleta pode relaxar e dedicar-se completamente ao esporte.

Quem pode usar

Depois de ser inventada no Japão por um quiroprata, a fita kinésio foi usada pela primeira vez há 25 anos, e se espalhou rapidamente entre atletas de elite e praticantes de esportes amadores no dia a dia. Ela deve ser aplicada corretamente para ser efetiva. O seu uso pode resolver problemas nos ombros, dores de cabeça, fascite plantar, distensão na panturrilha, além de possuir potencial quase ilimitado para evitar lesões musculares. Ela não contém látex e pode ser usada enquanto se nada ou toma banho. Pode ser usada de 3 a 5 dias consecutivos até que seja necessário trocá-la.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível