on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Como funciona um hidrômetro

Atualizado em 21 fevereiro, 2017
Hidrômetro, também conhecido como medidor de água (Creative Commons, DRW and Associates Inc, Creative Commons, DRW and Associates Inc)

Funcionamento básico do hidrômetro

Os hidrômetros são utilizados ​​para medir o volume de água que passa em um cano, através de dispositivos mecânicos, magnéticos ou eletrônicos. Os modelos mecânicos mais simples medem o deslocamento de pistões rotativos ou discos móveis conforme o fluxo de água passa, sendo chamados de hidrômetros de "pistão oscilante" e "disco de nutante", respectivamente. Outros tipos de hidrômetros usam a velocidade do fluxo (medidores taquimétricos) para calcular o volume. Os hidrômetros impulsores (multijato) e de turbina possuem princípios similares, sendo esses últimos usados em canos de volume alto de água. Os hidrômetros mais novos usam energia eletromagnética ou transdutores de ultrassom para medir o fluxo de grandes volumes. Tipos diferentes de hidrômetros medem com precisão uma vazão baixa, média ou alta. O baixo volume do uso residencial é medido mais precisamente com hidrômetros de deslocamento positivo ou multijatos. Feitos normalmente de plástico e bronze ou latão, esses aparelhos são conectados por um cano no interior de uma superfície próxima à entrada da água na residência.

Loading...
Hidrômetro instalado

Mecanismos de deslocamento positivo

A maioria dos hidrômetros residenciais é constituída de medidores de deslocamento positivo. Esses hidrômetros pequenos e precisos cabem em canos de 1,6 a 5 cm de diâmetro. O movimento de um pistão ou disco causado pela passagem da água dentro do aparelho aciona um conjunto de engrenagens magnéticas que giram números em uma estrutura chamada de "registro". Quando os números giram, acionam um medidor do tipo odômetro, que mantêm a contagem da unidade utilizada (litros, metros cúbicos ou outra medida). Os hidrômetros que medem volumes mais altos em canos de fornecimento maiores são normalmente equipados com filtros para prevenir que sujeira ou cascalho interfira no mecanismo de medição.

Registro

Leitura remota

Leitores de hidrômetros sempre tiveram um trabalho difícil em regiões de invernos severos, verões extremos ou áreas assoladas por furacões ou incêndios florestais. Muitas empresas de saneamento atualizaram seus hidrômetros para o século 21, investindo em tecnologia de leitura remota. Para isso, sensores eletrônicos são conectados ao registo do aparelho e ligados a um transmissor remoto na superfície exterior da casa. O leitor de hidrômetros pode andar pela rua com um receptor e fazer a leitura da quadra inteira no mesmo tempo que costumava levar para "ler" apenas alguns registros. Algumas empresas de saneamento têm melhorado o processo ainda mais com a instalação de redes de "estações repetidoras", que recebem as leituras de um grupo de casas regularmente e, em seguida, transmitem-nas para um receptor central. Se o receptor estiver ligado a um sistema de cobrança informatizado, o trabalho que dezenas de funcionários costumavam levar semanas para fazer pode ser concluído em apenas alguns minutos.

Leitor remoto
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...