Como funciona uma lareira falsa

Escrito por anne hirsh | Traduzido por felipe vargas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como funciona uma lareira falsa
Uma lareira a gás usa lenha falsa, mas produz chamas de verdade (fireplace image by Horticulture from Fotolia.com)

Lareiras falsas podem funcionar com eletricidade, gás ou gel combustível. Lareiras a gel produzem uma chama com queima limpa, mas como a chama é pequena e não gera o calor de uma lareira de verdade, podem requerer unidades de aquecimento separadas. Lareiras a gás também usam chamas, junto com lenha falsa, para criar uma chama com queima relativamente limpa. Lareiras elétricas não usam chamas de verdade, tornando-as ideais para áreas sem ventilação adequada, mas não produzem calor.

Outras pessoas estão lendo

Gel combustível

Lareiras à base de gel podem ser colocadas ou penduradas em quase qualquer lugar no aposento. Elas consistem de um nicho no qual você coloca pequenas latas de combustível. Muitas possuem um bocal sobre a área que contém o gel. Isso permite um controle do formato da chama, espalhando em uma linha para imitar a largura de um fogo de lenha. Lareiras a gel, às vezes, são penduradas na parede como quadros, já que são principalmente decorativas. O calor gerado pelas chamas é mínimo.

Lareiras elétricas modernas

Lareiras elétricas existem em diversas formas, mas todas usam luz para criar a ilusão de fogo. Geralmente se combinam com um aquecedor que funciona da mesma forma que um aquecedor portátil, para imitar o calor de um chama de verdade. A luz vem de lâmpadas comuns, do tipo que você coloca em uma luminária. Elas podem ser colorizadas ou cobertas com um filtro para produzir os tons de laranja e amarelo do fogo. A luz passa por pedaços de vidro, que refrata os raios aleatoriamente no formato de chamas. Os pedaços de vidro se movem lentamente para criar a ilusão de movimento na chama falsa. Alguns modelos permitem que você ajuste as "chamas", trocando o ângulo em que a luz passa pelo vidro.

Lareiras elétricas antigas

Antes das unidades refratárias, lareiras elétricas costumavam usar luzes fixas ou que piscavam atrás da lenha falsa, criando um visual menos realista. As primeiras chamas móveis eram criadas por luzes coloridas em trapos de seda cortados em pedaços irregulares, em formato de chamas, e soprados por um ventilador para que se movessem aleatoriamente. Essas lareiras pareciam reais à distância, mas eram facilmente identificáveis de perto. Muitos modelos usavam uma pequena luz azul, geralmente um LED, na base da chama falsa, para simular a base azul ou branca que indica a parte mais quente de chamas naturais.

Lareiras a gás

Lareiras a gás funcionam de forma semelhante às lareiras a gel, mas são capazes de gerar chamas maiores e algum calor. Dependendo da configuração, elas podem até chegar perto do calor e luz de pequenas lareiras tradicionais. Esses modelos podem funcionar com o gás natural encanado de uma casa ou botijões. O gás é liberado dentro ou atrás de uma pilha de lenha falsa. Semelhante ao fogão a gás, uma ignição nessa área produz uma chama instantânea, fornecendo calor e luz à sua sala. Como as lareiras a gás criam chamas maiores que as de gel, elas precisam de ventilação semelhante à das lareiras tradicionais. Modelos a gás podem não ser considerados "falsos" por alguns, pois, apesar de a lenha ser falsa, as chamas são bem reais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível