Tecnologia

Como funciona um sensor magnético?

Escrito por alex burke | Traduzido por rodrigo avellar

Os sensores magnéticos detectam alterações e distúrbios em um campo magnético, como fluxo, intensidade e direção. Outros tipos de sensores de detecção funcionam com características como temperatura, pressão ou luz. Pelo conhecimento estabelecido sobre o campo magnético existente e os dados coletados dos sensores com relação a mudanças e alterações, muitas coisas podem ser sabidas. Rotação, ângulos, direção, presença e corrente elétrica, tudo pode ser monitorado. Os sensores magnéticos são divididos em dois grupos, os que medem o campo magnético completo e os que medem componentes vetoriais do campo. Os componentes vetoriais são os pontos individuais do campo magnético. As técnicas empregadas para criar esses sensores envolvem várias combinações da física e da eletrônica.

Outras pessoas estão lendo

Medição de um campo magnético

Um campo magnético cerca uma corrente elétrica. O campo pode ser detetado por sua força ou interação com as cargas elétricas, imãs e produtos magnéticos. A intensidade e a direção de um campo magnético podem ser medidas e documentadas. As flutuações nesse campo são detectadas e os ajustes ou as alterações são feitos na resposta das máquinas, nas decisões do médico, na direção que o instrumento navegacional fornece ou na resposta de um sistema de detecção. O campo magnético da Terra é um ótimo exemplo. Ele é medido e rastreado por sensores magnéticos que fazem parte das ferramentas navegacionais que a Honeywell e outras corporações criam e produzem. A maioria dos sensores magnéticos é usada para a medição em processos industriais, nas ferramentas navegacionais e na medição científica.

Tecnologia de detecção magnética

Há vários tipos de tecnologias usadas para fazer um sensor magnético funcionar. Fluxgate, Efeito Hall, magnetorresistiva, magnetoindutiva, precessão de prótons, bomba óptica, precessão nuclear e SQUID (dispositivos supercondutores de interferência no quantum), cada uma tendo uma abordagem diferente para o uso de sensores magnéticos. Os dispositivos magnetorresistivos registram a resistência elétrica do campo magnético. Os magnetoindutivos são bobinas que cercam material magnético, cuja capacidade de ser permeadas muda dentro do campo magnético terrestre. O Fluxgate mede os campos magnéticos em comparação com uma resposta magnética conhecida criada internamente que passa através de um conjunto de parâmetros de fluxo contínuo. Cada tipo de tecnologia se concentra em determinada área para detecção, uma medição a ser detectada e um modo de registrar as alterações.

O menor sensor magnético

Uma descoberta recente pode permitir melhorias nos sensores magnéticos em todas as categorias. O NIST, instituto americano de normas e tecnologia, revelou que as camadas combinadas de liga magnética com nanocamadas de prata aumentam a sensibilidade magnética. Ser capaz de usar um sensor magnético extremamente fino (chamado de filme fino) é uma necessidade em aplicações encontradas em dispositivos médicos, detecção de armas e armazenamento de dados.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media