Casa

Como funciona uma solenoide de interrupção de combustível diesel

Escrito por contributing writer | Traduzido por rodrigo castilhos
Como funciona uma solenoide de interrupção de combustível diesel

Entenda o funcionamento de uma solenoide de corte de diesel

car repair illustration image by robert mobley from Fotolia.com

Visão geral

Uma válvula solenoide é uma válvula eletromecânica controlada por uma corrente elétrica. Esta corre através de uma solenoide, que é uma bobina de fio enrolado em torno de um núcleo metálico. A solenoide cria um campo magnético controlado quando uma corrente elétrica passa através dela. O campo magnético afeta o estado da válvula solenoide, fazendo-a se fechar ou se abrir. As solenoides de interrupção de diesel transportam o diesel da máquina de combustível do tanque para o motor . Estas solenoides ficam unidas ao sistema elétrico principal da máquina, que pode monitorar ou detectar temperaturas anormais ou falhas mecânicas. Se algo não estiver funcionando bem, a corrente elétrica que atravessa o solenoide é interrompida, fazendo com que a válvula solenoide se feche e pare o fluxo de combustível diesel para o motor.

A mecânica das solenoides de interrupção de combustível diesel

A força mecânica de uma solenoide de interrupção de combustível é a bobina solenoide, que converte a energia elétrica em energia magnética que é usada para modular a válvula. Uma solenoide de interrupção de combustível diesel contém um tubo de entrada que transporta o diesel para a válvula de solenoide de combustível. A válvula consiste de um tampão de plástico ou borracha que é pressionado contra o tubo de entrada para mantê-lo selado. A borda frontal do tampão possui um anel de borracha que sela a entrada do tubo e permite que o diesel entre na válvula solenoide. O tampão mantém-se no seu devido lugar graças a uma mola de metal que fica junto à parte de trás do tampão. O tampão também está anexado a um pino metálico através de uma barra de metal perpendicular ao pino do tampão. Este pino fica próximo à bobina solenoide. Quando esta última se ativa, o campo magnético atrai o pino de volta, que, por sua vez, puxa o tampão novamente e desfaz o selamento com o tubo de entrada, permitindo que o diesel entre na válvula solenoide. Ao contrário de uma válvula solenoide regular, as bobinas solenoides de interrupção de diesel são conectadas a sensores que são capazes de receber e interpretar sinais eletrônicos do sistema eletrônico principal da máquina. Se os sensores detectam um prolema perigoso nas operações da máquina e do motor, o sinal elétrico que passa pela bobina solenoide se desliga automaticamente. Quando a bobina se desativa, a força da mola empurra o tampão de volta ao seu lugar, contra o tubo de entrada, selando-o e cortando o fluxo de combustível diesel para o motor.

A importância do diferencial de pressão na solenoide de corte de diesel

As solenoides de corte de diesel são diferentes das bombas que não dispõem de um dispositivo mecânico para forçar o combustível através da válvula. Como resultado, é extremamente importante para tais solenoides contar com um diferencial de pressão entre o tubo de saída e o tubo de entrada. Especificamente, o tubo de entrada deve ter uma pressão mais alta que o tubo de saída para forçar o diesel através da válvula solenoide. A pressão equilibrada dentro de uma válvula solenoide de interrupção evitará que o combustível flua através da válvula, indiferente da condição da solenoide e do tampão.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media