Funções do processador - CPU

Escrito por joanne mendes Google | Traduzido por mailson belarmino de souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Funções do processador - CPU
CPUs tornaram-se cada vez menores e mais rápidas, ao longo das últimas décadas (Chad Baker/Photodisc/Getty Images)

A unidade de processamento central controla as funções da maior parte dos produtos eletrônicos. Geralmente chamada de CPU, este componente recebe dados, informações de processos e os envia para qualquer componente responsável por executar a ação. CPUs são também conhecidas como microprocessadores e estão no centro de qualquer sistema de computador. Embora CPUs são mais frequentemente consideradas como chip de computador, podem ser encontrados também em muitos outros dispositivos eletrônicos, incluindo telefones celulares, dispositivos portáteis, micro-ondas, televisores e brinquedos.

Outras pessoas estão lendo

História

A CPU moderna; evoluiu de transmissores em miniatura e circuitos integrados desenvolvidos na década de sessenta pela IBM e outras empresas de tecnologia de ponta da época. No início de 1970, transmitindo circuitos integrados, foram fabricadas comercialmente; por engenheiros de CPUs, com a tecnologia da época. Aproveitando as capacidades de transmissão de circuitos integrados, adicionaram a capacidade de processar informações e poder de memória. Juntos, estes elementos tornaram-se o núcleo da CPU. No fim da década de setenta, a tecnologia tinha alcançado o ponto em que CPUs podiam ser produzidas comercialmente e eram do tamanho de uma unha.

Durante a década de oitenta; as CPUs tornaram-se componente padrão em eletrônicos de consumo. Podiam ser encontradas em câmeras, aparelhos de televisão e calculadoras de bolso. Na década seguinte, o pequeno tamanho da CPU e o custo de produção mais barato permitiram aos computadores transitarem da indústria para o lar. Atualmente, engenheiros continuam a aperfeiçoar as CPUs, tornando-as cada vez menores e mais poderosas.

Partes da CPU

CPUs são feitas de seis componentes-chave; que trabalham em conjunto para processar e executar comandos. Em primeiro lugar, a unidade de controle é o cérebro da CPU. Essa parte recebe os dados de entrada e decide para onde enviar as informações processadas. Em segundo lugar, o cache de instruções, que é onde as instruções da unidade de controle são armazenadas. Dados de instruções específicas são carregados para o processador central, quando é fabricada. Terceiro, a unidade de pré-busca; que é o portal de informações. Os dados de entrada passam através da pré-busca, que armazena uma cópia dos dados antes de os enviar para serem processados pela unidade de controle. Em quarto lugar está a unidade de descodificação, para transformar instruções de entrada em código binário, o qual será então enviado para o quinto componente, a unidade lógica e aritmética. A ALU recebe o código da unidade de decodificação e escolhe as medidas necessárias para executar o comando. Em sexto lugar, o cache de memória da CPU. Aqui, toda a informação enviada, recebida ou pré-carregada é armazenada.

Processo

A CPU executa uma série de passos para executar um comando. Processa-se múltiplos comandos individualmente em uma questão de segundos. Quanto mais poderoso o processador, mais rápido os comandos são processados. Um comando é emitido pelo usuário do sistema usando um dispositivo de entrada, como um teclado ou mouse. Em seguida, o comando é enviado para a unidade de pré-busca. A unidade de CPU acessa a memória pré-carregada para identificar o comando e enviá-lo para a unidade de comando. Em seguida, a unidade de comando determina que medidas vêm em seguida. Essa informação é passada para a unidade de descodificação, que transfere os dados em código binário e os envia para a ALU; em seguida, a ALU muda os dados brutos em um comando efetivo. Logo após, envia uma cópia do comando para a RAM ou ROM, antes de o enviar de volta para a unidade de comando, que envia o código para a parte do sistema que vai realmente realizar a ação. Finalmente, a ação é executada e o resultado é enviado de volta para o usuário.

Tipos

Existem diferentes tipos de CPUs e cada tipo vem com diferentes graus de memória, velocidade e instruções pré-programadas. Quanto maior a CPU, mais rápido ela pode processar, armazenar e executar comandos. Uma CPU single-core é a menor unidade disponível. Ela é geralmente encontrada em aparelhos menores que só executam um simples conjunto de ações, como um controle remoto ou um brinquedo. Dual-core contém duas unidades de comando e energia memória suficientes para a maioria dos computadores pessoais. CPUs multi-core contêm unidades de comando múltiplos. São usadas ​​principalmente por grandes dispositivos eletrônicos industriais, servidores e estações de trabalho da rede.

Lado

O tamanho da CPU se refere ao poder da unidade para executar tarefas e da quantidade de espaço de memória que contém. O tamanho da CPU é a medida em dígitos binários chamada de bits. Originalmente, CPUs continham quatro pedaços, mas os processadores modernos possuem oito. CPUs de oito bits, são os componentes menores, lentos e mais modernos disponíveis; usados ​​principalmente em brinquedos ou eletrodomésticos. 16 bit e 32 bit se tornaram os tamanhos padrão da CPU e podem ser encontrados em computadores pessoais, laptops, telefones celulares e outros aparelhos eletrônicos, que podem executar uma variedade de tarefas. CPUs de 64 bits estão se tornando cada vez mais populares em high-end, computadores pessoais e laptops. CPUs maiores existem. Estas são normalmente utilizadas para fins industriais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível