Mais
×

Como ganhar dinheiro com a modelagem 3D

Atualizado em 23 março, 2017

Muitas indústrias utilizam modelagem 3D como parte de seu processo e métodos cada vez mais sofisticados para isso estão cabendo no orçamento de pessoas interessadas em entrar nesse ramo. Por exemplo, se você tiver cerca de 3 mil reais para investir na carreira, poderá comprar uma impressora 3D para fazer modelos de nível profissional em casa. Gerenciar o tempo e expandir o mercado de venda são o segredo para ganhar dinheiro com a modelagem 3D.

Modelagem 3D não tem que ser cara (TimArbaev/iStock/Getty Images)

Saiba escolher os programas

A primeira decisão é qual será a plataforma de modelagem usada. Os softwares que permitem desenhar modelos virtualmente são relativamente acessíveis, mas aprender a usá-los pode levar tempo. As maiores empresas nesse ramo são a Autodesk e Dassault. Se for preciso que os modelos sejam feitos em protótipos reais, uma impressora 3D é fundamental. As impressoras de modelos de plástico estão caindo de preço, mas os custos de materiais podem crescer rapidamente.

Escolha o seu mercado

Se os seus modelos 3D são de base doméstica e de artesanato, pode-se criar uma conta de vendedor em sites como o eBay, MercadoLivre e outros. Crie novos projetos com frequência. Mostre seus talentos em sites especializados que são especificamente criados para o conteúdo 3D. Alguns dos maiores são o TurboSquid, o The3DStudio e o DAZ 3D. Estude os termos e condições desses sites, já que eles levarão uma parte de cada venda feita.

Trabalho na indústria

Se a experiência for especificamente comercial ou industrial, pode-se ganhar mais dinheiro a longo prazo, ao buscar oportunidades de trabalho diretamente na indústria pretendida. A de vídeo games é uma das maiores usuárias de modelagem 3D, bastante descentralizada, aberta à terceirização do trabalho e sempre buscando freelancers competentes. Os programas específicos da indústria são essenciais para esse tipo de trabalho. A arquitetura é outra grande consumidora de modelos 3D. Caso alguém tenha uma formação na construção de design, acrescentar modelagem 3D ao currículo pode ajudar a encontrar emprego. Pode-se ainda buscar especialização em filmes ou design de interiores.

Os modelos 3D podem ser complexos ou simples (MarcelC/iStock/Getty Images)

Seja receptivo às adaptações

A modelagem é um negócio personalizado. As pessoas buscam esses projetos, porque eles são únicos; mas também devem ser funcionais para atender as suas necessidades específicas. Então, ouça os clientes e esteja preparado para atualizar e alterar os projetos para atendê-los.

Proteja a propriedade intelectual

Sempre que se estiver chegando a um acordo para mostrar ou vender um projeto, verifique o contrato com cuidado para ver como ele protege a propriedade intelectual. Ele precisa fornecer algum recurso se a ideia for roubada. Seja claro sobre os direitos cedidos ao concluir o negócio. Decida se pretende fechar qualquer tipo de acordo de exclusividade com determinado cliente. Essa questão pode melhorar as chances de pedidos regulares de uma única fonte, mas impede a expansão de mercado para novas áreas.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article