Gases e diarreia em gatos

Escrito por bethney foster | Traduzido por erika f curto
Gases e diarreia em gatos
Entenda um pouco mais sobre a diarreia em gatos (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

A maioria dos gatos sofre com ataques ocasionais de diarreia. Geralmente, isso é acompanhado por flatulência e não é preciso se preocupar, exceto por gerar um pouco de dor de estômago. No entanto, a diarreia e os gases persistentes podem indicar problemas médicos mais graves. Neste caso, leve o gato a um veterinário o mais rápido possível.

Dieta

Os gases e a diarreia do seu gato podem ser causados por sua dieta. Caso o gato tenha bebido leite de vaca ou comido um alimento novo, ele pode ter diarreia e flatulência.

Estresse

O choque ou estresse, como um novo animal de estimação, uma mudança para uma nova casa ou até mesmo uma visita ao veterinário pode fazer com que os gatos desenvolvam diarreia. Caso esta seja a causa da doença do seu gato, ele deve melhorar dentro de um dia ou dois.

Cuidados em casa

Caso seu gato tenha algumas crises de diarreia e você não tenha nenhuma razão para suspeitar de qualquer coisa séria, é possível tratá-lo em casa, desde que a doença responda ao seu cuidado. O gato não deve ser autorizado a sair de casa enquanto estiver doente. É preciso monitorar sua saúde e sua caixa de areia. Um jejum de 24 horas pode ajudar um gato adulto a definir seu sistema digestivo corretamente (gatos filhotes não devem ficar em jejum). Certifique-se de que o gato tenha água fresca em todos os momentos. A desidratação é sempre uma preocupação para um gato com diarreia. Após o jejum, reintroduza os alimentos com uma dieta leve de quatro a seis pequenas refeições, cerca de metade do que o gato normalmente come. Aumente lentamente os alimentos até a quantidade normal.

Parasitas

Parasitas — ancilostomídeos, lombrigas e giardia — muitas vezes causam gases e diarreia em gatos. Seu veterinário pode fazer um exame de fezes para checar se os parasitas estão presentes e prescrever um vermicida. No entanto, alguns parasitas, incluindo giardia, são difíceis de encontrar, mesmo sob um microscópio. Caso um gato tenha diarreia persistente, um vermicida pode ser prescrito, mesmo que o exame de fezes não mostre nada.

Cuidado veterinário

Há um ponto em que a diarreia em um gato se torna um problema médico sério e seu animal de estimação precisa ser analisado por um veterinário. Por conta da diarreia significar que um gato está perdendo nutrientes, eletrólitos e fluidos, é especialmente importante prestar atenção a sinais de desidratação. Diarreia e gás acompanhados de certos sintomas podem indicar um problema médico subjacente em seu gato. Estes sintomas incluem sangue ou muco nas fezes, fezes com manchas ao redor das ancas do gato, o gato limpar excessivamente sua parte inferior, febre alta, alterações no apetite, dor abdominal ou inchaço, perda de peso, letargia ou vômitos. Caso estes sintomas estejam presentes, leve seu gato ao veterinário.

Doença séria

A diarreia e os gases podem ser sintomas de doenças graves, como doença inflamatória no intestino, uma infecção fúngica ou bacteriana, hipertiroidismo, doença de pâncreas, intestino ou cancro do intestino, leucemia felina ou vírus da imunodeficiência felina.