Gatos com perda de pelos e feridas na ponta do rabo

Escrito por andrea krochalis | Traduzido por nehme abdallah
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Gatos com perda de pelos e feridas na ponta do rabo
Você pode ter que levar seu gato ao veterinário (Comstock/Comstock/Getty Images)

Preste atenção em gatos que perseguem e ficam mordendo seu próprio rabo ou o de outros gatos, já que isso pode causar perda de pelo (alopecia) e feridas na ponta do rabo. A perda de pelos pode ser parcial ou completa e pode ocorrer em padrões simétricos. Procure por áreas em que o pelo caiu e que estão inchadas, com protuberâncias ou avermelhadas.

Outras pessoas estão lendo

Causas

Existem várias causas de alopecia em gatos e alguns casos são mais sérios que outros. Gatos inquietos por causa da irritabilidade podem provocar a perda de pelos. Se os fios parecem quebrados ou mordidos e estão em uma área que o animal consegue alcançar, isso é um sinal de sintomas comportamentais. Parasitas como pulgas e sarna e infecções por fungos, como micose, podem fazer com que o gato despele e perca pelos. Faça exames para verificar a taxa de hormônios da tireoide e verifique a incidência da doença de Cushing, um desnível das glândulas supra-renais. Peça a seu veterinário exames para câncer e disfunções orgânicas ou anemia.

Diagnóstico

Comece com uma análise de sangue e um exame veterinário completos. Fique atento a desequilíbrios de tireoide ou outros hormônios, como uma presença estranha de esteroides ou disfunção da glândula supra-renal. Hipertireoidismo é comum em gatos mais velhos. O veterinário pode sugerir um raio-x ou uma biópsia para determinar um diagnóstico específico. Verifique hipersensibilidades ou reações alérgicas a fatores ambientais como alimentação, produtos químicos na roupa de cama, detergentes, medicamentos ou stress.

Tratamento

Escolha um tratamento específico para a causa da perda de cabelo. Medicamentos são úteis para desequilíbrios nos níveis de tireoide ou outros problemas hormonais. Tratamentos de uso externo costumam ser indicados para irritações ou infecções de parasitas. Monitore o comportamento do seu gato para saber se a perda é auto-induzida. Intervenha distraindo-o e reduza o estresse dentro de casa.

Cuidados

Lide com a alopecia monitorando os sintomas e administrando os remédios diariamente. Observe possíveis reações alérgicas à comida, mudanças no ambiente familiar e comportamentos que envolvam arranhões. Esses sintomas podem indicar exposição a um fator causador da doença, como pulgas ou outros parasitas. Penteie frequentemente seu animal de estimação com um pente fino especial para pulgas. Quando achar evidências que provem a presença de pulgas, como excreções -- pequenos pontos pretos --, lave todas as roupas de cama e passe aspirador nas áreas em que seu gato vive. Faça exames de parasitas com amostras fecais e de urina com frequência e medique o animal se necessário.

Prevenção

Não exite uma prevenção totalmente eficaz para alopecia em gatos. Influências hereditárias são possíveis, mas não comuns. Evite a exposição a alérgenos no ambiente exterior ou em comidas se essa for a causa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível