Gel de glicose para maratonistas

Escrito por nathan fisher | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Gel de glicose para maratonistas
Os maratonistas precisam repor o combustível que queimam durante a corrida (female runner 2 image by jimcox40 from Fotolia.com)

O corpo humano é capaz de armazenar aproximadamente duas horas de "combustível" para eventos de alta resistência. Os maratonistas ingerem o gel de glicose para repor os estoques utilizados ​​durante as corridas. Os benefícios da ingestão do produto podem durar até 20 minutos.

Outras pessoas estão lendo

Uso

O glicogênio, um tipo de açúcar armazenado nos músculos, é a fonte primária de energia do corpo. Se você o utiliza, o corpo recorre à glicose (o açúcar no sangue) para continuar funcionando.

Reabastecimento

Ao ser ingerida, a glicose é rapidamente absorvida pelo trato intestinal e o corpo é capaz de usá-la como combustível. Essa rápida absorção permite que atletas de resistência, como maratonistas, preservem o glicogênio armazenado. Para um melhor efeito, você deve consumir o gel a cada 30 a 40 minutos durante a atividade.

Composição

A maioria dos géis disponíveis no mercado não são compostos de glicose pura. Embora alguns tenham a mesma composição química do açúcar no sangue, concebidos para diabéticos, a maioria dos géis são realmente compostos de sacarose, frutose e eletrólitos, que se destinam a proporcionar maior benefício para os atletas de resistência do que a glicose pura. Os géis energizantes convertem rapidamente a glicose quando ingeridos.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais da ingestão de glicose pura em géis podem incluir náuseas, possível vômitos, cólicas e diarreia leve.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível