Como fazer gemas sintéticas

Escrito por reese armstrong | Traduzido por ana carolina cardoso bedenik
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer gemas sintéticas
As esmeraldas sintéticas comumente são feitas usando o método de fluxo. (emerald ring image by studio vision1 from Fotolia.com)

As gemas feitas em laboratório são muito menos caras para o consumidor do que as naturais. Muito parecidas com as naturais, as sintéticas são criadas com qualidades diferentes, dependendo da técnica utilizada para fazer as pedras. Fazer gemas usando o método de fluxo é uma maneira de produzir joias de alta qualidade como esmeraldas, rubis, safiras e outras pedras cristalinas.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Cadinho de platina
  • Forno de atmosfera controlada
  • Componentes da gema
  • Fluxo (solução solvente)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Misture o componente da gema desejada com a solução solvente, também conhecida como fluxo, no cadinho de platina. A platina, ou qualquer outro material não reativo, poderá ser usado para o cadinho.

  2. 2

    Aqueça a mistura de componente de gema e solvente em seu forno de atmosfera controlada até apenas acima do ponto de saturação, que dependerá dos materiais utilizados. Mantenha a mistura a esta temperatura até que os componentes se misturem e formem uma solução.

  3. 3

    Deixe a mistura esfriar no forno, o que permitirá que os cristais se precipitem, ou formem, criando a gema sintética. Observe que este método produz gemas sintéticas que são de dimensões centimétricas embora exibam suas facetas naturais.

Dicas & Advertências

  • O método de fluxo cria gemas sintéticas que não precisam de polimento adicional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível