Como a geometria é importante para a arquitetura?

Escrito por john shortino | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como a geometria é importante para a arquitetura?
Conceitos geométricos são usados para a tomada de decisões estruturais e estéticas em arquitetura (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

Como a geometria é um ramo da matemática ligado a figuras, linhas e formas, tem muitas aplicações práticas no campo da arquitetura. Um entendimento de geometria é absolutamente essencial para o projeto arquitetônico, tanto no sentido prático (tal como calcular segmentos de suporte de carga de uma estrutura) quanto nas considerações estéticas (tal como a simetria de um prédio ou a escala com os seus arredores).

Outras pessoas estão lendo

Geometria e projeto

Um edifício, seja um lar ou um arranha-céu, pode ser pensado como uma série de elementos estruturais inter-relacionados projetados com base em princípios geométricos. Linhas e formas são projetadas para trabalharem juntas a fim de criar integridade estrutural em aplicações específicas. Por exemplo, o telhado de uma casa em uma área de pesadas nevascas será um triângulo com lados mais escarpados para permitir que a neve caia e escorra, enquanto um telhado chato seria mais apropriado para um clima seco e quente.

Geometria e armação

Os cálculos geométricos são também usados para garantir segurança na armação de uma estrutura. Em um prédio de grande armação de aço, por exemplo, são feitos cálculos para determinar a carga de peso na base do prédio e é usada uma grade de retângulos menores para distribuir o peso por igual a fim de assegurar a integridade estrutural do edifício. Mesmo na armação residencial, são usados cálculos geométricos para determinar a capacidade de carga de elementos como vigas de assoalhos e vigas mestras e considerações práticas como a culminância do telhado.

Geometria e estética

Além das considerações estruturais no projeto arquitetônico, a geometria também é usada para melhorar o aspecto estético de um prédio. Tanto pelo emprego de uma série de linhas de telhados para criar uma fachada dinâmica, quanto pelo uso de espaços ovais para criar espaços internos interessantes (como era comum na arquitetura barroca), os arquitetos sempre tentaram usar princípios geométricos para tornar os edifícios mais atraentes. Em certas épocas, esses projetos estão estreitamente relacionados com necessidades estruturais, como no uso dos arcobotantes aéreos na arquitetura gótica.

A razão áurea

Um conceito geométrico que tem sido historicamente incorporado ao projeto arquitetônico é a "Razão Áurea" ou Fi. Esta razão, expressa pelo número 1.618, é utilizada em formas que são pensadas para serem o mais esteticamente agradáveis, como o "Retângulo Áureo" e o "Triângulo Áureo". Essas formas estão presentes em muitas estruturas históricas, inclusive na Grande Pirâmide de Gizé e no Parthenon. Em virtude da presença desta razão tanto na natureza quanto na arte, continua sendo interessante tanto para matemáticos quanto para arquitetos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível