Mais
×

Gestação: como saber se está tudo bem

Atualizado em 22 novembro, 2016

Os primeiros dias de gravidez podem ser uma época de ansiedade, especialmente no caso de uma mulher que já sofreu um aborto espontâneo. Muitas gestantes gostariam de ter uma porta de acesso ao útero para poder verificar e garantir que a gestação está progredindo como deveria. Graças à tecnologia moderna, há várias maneiras de determinar se está tudo bem com a gravidez.

Instruções

Saiba se está tudo bem com a gestação (Getty Images)
  1. Se você está controlando sua temperatura a fim de conceber, continue a medi-la depois de um teste positivo de gravidez. Meça-a todos os dias durante as primeiras semanas de gestação; ela deve permanecer alta. Caso comece a cair repentinamente, atingindo a temperatura corporal normal, pré-ovulatória, isso significa que há um problema com a gestação. Se a medição continuar alta, a gravidez está progredindo como deveria.

  2. Faça um teste de gravidez caseiro dez dias após ovular. Use um que mostre uma ou duas linhas no visor, como base para sua comparação. Continue a realizar o teste em dias alternados, até que obtenha um resultado positivo. Depois, continue a fazer os testes diariamente. A linha deve ficar cada vez mais escura, o que indica que a gestação está lentamente progredindo e que seus hormônios estão se multiplicando como deveriam.

  3. Anote os sintomas da gravidez todos os dias. Isso ajudará você a lembrar o que sentiu e quando tal fato ocorreu (problemas de memória normalmente são um sinal de gravidez). É normal não apresentar sintomas ou muitos deles, mas se apresentar algum por uma semana ou duas e de forma inconstante, pode ser que haja um problema com a gestação. Sintomas comuns incluem seios doloridos e sensíveis, enjoo matinal, câimbras na perna, micção frequente, constipação e exaustão.

  4. Se estiver inquieta em relação ao estado do bebê, peça ao seu médico para marcar um ultrassom logo no começo na gestação. Esses exames precoces e transvaginais podem ser um pouco desconfortáveis, mas podem acalmá-la. Um ultrassom transvaginal pode detectar o batimento cardíaco do bebê logo depois das primeiras seis semanas de gestação.

O que você precisa

  • Termômetro
  • Testes caseiros de gravidez
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article