O que é a glicose usada nas plantas?

Escrito por tyler lacoma | Traduzido por ludmyla dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é a glicose usada nas plantas?
As plantas geram glicose para uso próprio (Creatas Images/Creatas/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

Fotossíntese

A glicose é um açúcar simples que pode ser armazenado em uma variedade de formas. É um componente vital para a maioria dos tipos de vida na Terra. As plantas têm a capacidade de gerar glicose em vez de absorver a partir de outras fontes. A fotossíntese é o processo em que elas levam a energia da luz solar e as moléculas de dióxido de carbono e criam os nutrientes para elas mesmas.

Durante a fotossíntese, as plantas usam células específicas chamadas cloroplastos que abriga as camadas de clorofila, um pigmento que mantém a energia de fótons de luz que passam por ela. Esta energia é então convertida em uma substância química que é mais fácil de ser usada pelas plantas. Uma parte da energia da luz é convertida diretamente em ATP, o mesmo tipo de molécula que ajuda a mover os músculos humanos, ao passo que o resto é transformada em nicotinamida adenina dinucleotídio fosfato (NADPH). A energia do ATP vai diretamente para a execução dos outras partes da planta, enquanto que o NADPH é combinado com dióxido de carbono para criar glicose. NADPH fornece átomos de hidrogênio que estão ligados a outras moléculas para criar o açúcar simples. Este processo é diferente em algumas plantas e, normalmente, é baseado em quantas moléculas individuais são necessárias para formar uma molécula de glicose.

Funções da glicose

A glicose é um carboidrato, uma molécula que os organismos vivos utilizam para obter energia. As plantas elaboram os nutrientes e minerais de que necessitam a partir de suas raízes, os blocos de construção das suas células e a quebra da glicose geram a energia necessária para transformar os blocos em folhas, flores, sementes e outras partes importantes como a celulose, material vital que as plantas usam para fazer suas paredes celulares. Essencialmente, quando as ligações químicas que mantêm a molécula de glicose juntas são quebradas, liberam elétrons que, agora livres, precisam se juntar com outros átomos, dando assim mais energia às moléculas no interior das células.

Estoque de energia

Alguns organismos que fazem fotossíntese produzem toda a energia de que precisam e armazenam muito pouco, como algas verdes. Mas a maioria das plantas geram mais glicose do que elas precisam. Esta glicose extra é usada durante os meses de frio ou seca, quando a planta passa por um difícil tempo de fabricação de glicose para suas necessidades. Uma vez que a glicose precisa ser armazenada até então, a planta transforma-a em um amido de longa duração. Este amido é armazenado dentro da planta, nas raízes e caules e, em determinados momentos, nas sementes. Algumas plantas, especialmente aquelas da família dos cactos, necessitam deste amigo para sobreviver.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível