Mais
×

Como os golfinhos comuns se defendem

Atualizado em 13 junho, 2017

Todas as espécies do reino animal tem adversários e predadores. Os adversários podem vir na forma de competidores naturais ou fatores periféricos que, intencionalmente ou não, ameaçam seu bem estar. Os predadores são geralmente aqueles que vão à caça de carne. Em todos os casos, para evitar que se tornem vítimas das circunstâncias ou de ataques, os animais terrestres e aquáticos, como os golfinhos, desenvolvem várias maneiras para defenderem seus territórios e suas vidas.

Os golfinhos formam duplas de machos que andam juntos e se ajudam, podendo durar até 20 anos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Golfinhos

Os golfinhos são mamíferos aquáticos, membros da família Platanistidae (habitantes de água doce) e Delphinidae (habitantes de água salgada). Embora algumas autoridades considerem os golfinhos como parentes próximos das baleias, a maioria dos estudiosos afirma que eles são na verdade um tipo de baleia com dentes. Para mediar os distintos pontos de vista, alguns especialistas se referem aos golfinhos de acordo com o nome de sua sub ordem, Odontoceti/Odontocete. O nome "golfinho" também é usado para descrever uma espécie não-relacionada de peixes. Um golfinho comum cresce até 2,5 m e 75 kg. Este mamífero semelhante a um peixe geralmente tem uma coloração preta ou azul escura na parte superior do corpo, uma parte branca inferior e uma barbatana dorsal que se assemelha a uma foice. A média de vida de um golfinho é de 50 anos. Uma das espécies mais conhecidas é o golfinho nariz-de-garrafa, ou golfinho comum (Tursiops truncates).

Inimigos naturais

Os golfinhos têm apenas dois predadores naturais: as baleias assassinas e os tubarões. Os ataques de baleias assassinas são mais raros, mas os tubarões-cabeça-chata, tubarões-tigre e tubarões brancos são as maiores ameaças para os golfinhos. Alguns especialistas acreditam que isso se deve ao fato de tubarões e golfinhos compartilharem muitas fontes de alimentos. Geralmente, os humanos não são predadores de golfinhos pois eles não são uma fonte considerável de alimento na maioria das culturas e sociedades. No entanto, os humanos se tornaram acidentalmente adversários dos golfinhos devido a suas capturas frequentes e não intencionais em redes de pesca comerciais.

Estratégias individuais

Os golfinhos usam estratégias específicas para defenderem-se contra os predadores. A primeira reação deles geralmente é a de nadar para longe de seus agressores. Caso isso não dê certo, ele usam uma técnica de evasão que inclui golpear a parte baixa do ventre de seus predadores usando o focinho.

Embocaduras

Os golpes também são usados quando os golfinhos mobilizam como defesa unidades chamadas embocaduras, atacando os predadores em grupo. Uma das estratégias das embocaduras consiste em um grande adulto macho servindo de vigia, observando os arredores do grupo a procura de ameaças e investigando áreas desconhecidas. O vigia volta para o grupo para dividir as informações coletadas. Os golfinhos são conhecidos pela linguagem altamente desenvolvida, que inclui vocalizações especializadas de cliques, estalos, guinchos, grunhidos e assovios. Os golfinhos geralmente nadam em grupos de 2 a 15 integrantes.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article