×
Loading ...

Os grãos mais importantes que todos deveríamos comer

suslik83/iStock/Getty Images

Introdução

A cada dia surgem novas pesquisas indicando os benefícios e malefícios de diversos alimentos para a saúde. Toda essa gama de informações tem influência nos hábitos de boa parte das pessoas, que adaptam sua dieta diária em busca de mais qualidade de vida e uma rotina mais saudável. Os cereais se consolidaram como uma categoria de alimentos saudáveis, que colabora na prevenção de doenças e também ajuda quem quer se alimentar bem, sem ganhar aqueles quilinhos a mais. Conheça alguns grãos importantes para nosso organismo e que todos deveriam incorporar às suas refeições.

bhofack2/iStock/Getty Images

Quinoa

Nos últimos anos, a quinoa se tornou uma febre entre as pessoas preocupadas com a saúde. Facilmente encontrada em restaurantes especializados e lojas de produtos naturais, ela é muito procurada por sua elevada quantidade de proteína, superior à da maioria dos cereais. É uma ótima fonte de vitaminas e sais minerais, além de ômega 3 e 6. Seu uso contínuo é ótimo para ajudar a prevenir câncer e doenças cardiovasculares e também para reduzir os índices de colesterol ruim, segundo os nutricionistas. Além disso, é um ingrediente fundamental para quem procura uma ótima dieta de emagrecimento.

bluefern/iStock/Getty Images

Feijão

Sim, o feijão é muitas vezes visto como um alimento "pesado". Mas o que muitos se esquecem é das propriedades benéficas desse legume. Ele é rico em fibras e carboidratos complexos, responsáveis por manter o bom nível de açúcar no sangue. Ele também conta com baixos teores de gordura e sódio. Seu consumo constante é altamente indicado para pessoas com hipertensão e também na prevenção de problemas cardiovasculares. Mas o mais importante são as lisinas, aminoácidos que ajudam a manter em bom estado os tecidos do corpo e, consequentemente, pele, ossos e órgãos vitais.

luknaja/iStock/Getty Images

Soja

Cada vez mais, o brasileiro inclui a soja como elemento fundamental em sua dieta diária. O grão, que vem inclusive substituindo a carne, ajuda a reduzir os níveis do LDL (mais conhecido como colesterol ruim) e elevar os do HDL (o benéfico). Não bastasse, ele também conta com isoflavonas, substâncias que atenuam os efeitos da menopausa e reduzem a perda de massa óssea entre pessoas idosas. Para os mais jovens, a soja é atrativa por ser rica em proteínas, o que ajuda inclusive no crescimento de crianças e adolescentes. Por fim, seu consumo contínuo ajuda na regeneração de tecidos.

HandmadePictures/iStock/Getty Images

Chia

Com alto teor de fibras, a chia se torna cada vez mais frequente nas refeições, especialmente no café da manhã. Oriunda do México, ela é uma grande aliada no emagrecimento. É rica em proteínas, ômega 3, magnésio, fósforo, cálcio, cobre, potássio e zinco. O consumo prolongado auxilia na redução do colesterol ruim e também ajuda a fortalecer o sistema imunológico. Como se não bastasse, ela ainda auxilia na prevenção e controle do diabetes tipo 2. Eis um grão que não pode faltar na sua alimentação.

Wiktory/iStock/Getty Images

Lentilha

As lentilhas são ricas em vitaminas do Complexo B, especialmente a nacina e o folato. Por isso, elas ajudam a regular o funcionamento dos sistemas nervoso e imunológico e também auxiliam bastante na digestão dos alimentos. Além disso, possuem boas taxas de ferro, podendo inclusive repor os estoques do mineral de quem não consome carne vermelha. Esses grãos também contam com muitas fibras, que ajudam a equilibrar os índices de açúcar no sangue e, portanto, atuam na prevenção ao diabetes. Eis mais uma ótima dica para tornar sua alimentação mais saudável sem perder o sabor.

Nic_Ol/iStock/Getty Images

Aveia

Em grãos ou em flocos, a aveia é uma opção saudável para o café da manhã e também para outras refeições. Ela é rica em cálcio, potássio, magnésio, vitaminas B, manganês, fósforo e ferro, segundo nutricionistas. Com tantas vitaminas, proteínas e sais minerais, ela é uma grande aliada no combate às doenças cardiovasculares e também na redução do colesterol ruim. De quebra, também colabora fortemente na redução de peso. O consumo desse cereal pode ajudar a manter em equilíbrio as taxas de açúcar no sangue. Estudos recentes também apontaram que a aveia auxilia no controle da pressão arterial.

AndreyGorulko/iStock/Getty Images

Linhaça

A linhaça é rica em fibras e minerais, além de ácidos graxos como o ômega-3 (também presentes no ovo e em peixes), ótimos para a saúde. Com tantas vitaminas e proteínas, a lista de benefícios é grande: ameniza a pressão arterial e também controla as taxas de colesterol, além de contribuir para a desobstrução das artérias. Para as mulheres, há vantagens adicionais, como reduzir a retenção de líquido no ciclo pré-menstrual e também prevenir contra o câncer de mama. Ah, claro: a linhaça também é um produto importantíssimo nas dietas para emagrecer.

alexghidan89/iStock/Getty Images

Centeio

Riquíssimo em fibras, o centeio é daqueles alimentos que ajudam a dar sensação de saciedade e, dessa forma, são ótimos para quem deseja perder peso. Seu consumo ajuda a criar uma dieta equilibrada, saudável e com muito sabor. Devido ao seu alto teor de fibras insolúveis, atua no combate aos cálculos biliares. Estudos apontam que pessoas que consomem centeio têm propensão até 13% menor de desenvolver essa doença. O cereal também é ótimo para ajudar no combate ao diabetes. Por fim, auxilia na prevenção de males cardiovasculares.

jeka1984/iStock/Getty Images

Trigo

Nutricionistas recomendam o consumo de trigo. E acrescentam que o cereal em grãos é o ideal, pois preserva a maioria dos minerais, fibras e vitaminas. Ele também é rico em vitamina E, antioxidante que proporciona vários benefícios, como impedir o envelhecimento precoce e prevenir câncer e doenças degenerativas. Seu consumo também favorece o bom funcionamento dos órgãos genitais e a prevenção de doenças cardiovasculares. Como se não bastasse, ele ajuda a impedir a queda dos cabelos, além de ser ótimo para atletas, pois aumenta a resistência física e o desempenho nos esportes, protegendo o corpo da fadiga muscular.

eye-blink/iStock/Getty Images

Amaranto

O amaranto é um cereal originário do Peru, cujas propriedades terapêuticas o transformam em um dos mais saudáveis alimentos. Nos últimos anos, ele passou a ser incorporado à dieta diária de milhares de brasileiros que procuram uma alimentação saudável. É rico em fibras, proteínas, vitaminas e minerais. Possui ainda ferro, fósforo, zinco, cálcio e vitaminas A e C em altas quantidades. Com tantas substâncias benéficas, é eficaz na redução do colesterol ruim e também ajuda na prevenção e controle do diabetes. Como é rico em antioxidantes, atua na prevenção de doenças cardiovasculares.