Mais
×

Como gravar nomes em madeira

Atualizado em 21 novembro, 2016

Gravar em madeira é um artesanato fácil de aprender e pode ser utilizado em vários projetos, como avisos, placas, caixas de correio e caixas de bijuteria de madeira. Você também pode utilizar ferramentas específicas para gravar joias de madeira, mas elas são um pouco caras e vêm em vários tamanhos. Essas ferramentas também podem ser usadas em outros objetos que não são de madeira, como em uma abóbora.

Instruções

As ferramentas para gravar em madeira podem ser usadas para criar uma variedade de placas (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Prepare a superfície da madeira lixando-a, e depois suavizando-a com um pedaço da pano. Pregue um pedaço de papel vegetal na superfície com fita adesiva e coloque o estêncil em cima do papel vegetal. Utilize um lápis para desenhar cada letra no papel vegetal, que transferirá para a madeira.

  2. Segure a ferramenta de sua escolha com cuidado pelo cabo, sem fazer muita pressão, e mova-a rapidamente pela madeira. Quanto mais pressão fizer, mais escura a sombra ficará. O gravador elétrico é bem fácil de segurar, então é uma boa escolha caso seja sua primeira vez fazendo essa atividade.

  3. Segure a ferramenta com o polegar e o dedo indicador no eixo caso deseje criar linhas curvas. A lâmina da ferramenta cria o detalhamento, como a profundidade e a sombra das letras. Para fazer pouca sombra e linhas finas, mova a ferramenta rapidamente pela madeira.

  4. Utilize um pano limpo e suave para remover os detritos que ficarão na madeira. Também é possível utilizar uma régua para certificar-se de que todas as letras fiquem retas.

  5. Depois de gravar as letras, envernize a superfície da madeira com poliuretano. Isso adicionará um acabamento uniforme e parecido com vidro.

O que você precisa

  • Sombreador
  • Gravador elétrico
  • Papel vegetal
  • Lápis
  • Estêncil
  • Lixadeira
  • Fita adesiva
  • Madeira
  • Poliuretano
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article