Um guia para fundir metais em moldes de borracha

Escrito por deborah stephenson | Traduzido por bruno belli sinder
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Um guia para fundir metais em moldes de borracha
Uma panela pesada de aço inox pode substituir um cadinho (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

A fundição é apenas uma parte do processo conhecido como molde e fundição, no qual você molda um objeto antes de reproduzi-lo. Usar o molde correto é uma parte vital do processo, então quando fundir metais em borracha, utilize apenas moldes de alta temperatura, bem como metais formulados para permitir a fusão e o manejo em temperaturas mais baixas, tais como estanho.

Outras pessoas estão lendo

Coisas de que você precisa

Use um número de ferramentas especializadas para fundir metal em moldes de borracha. Você provavelmente já tem algumas em mão, como tigelas e utensílios, mas há outras que serão necessárias adquirir em lojas especializadas ou pela internet, especialmente as ferramentas para trabalhar com metal.

Use uma borracha de alta temperatura RTV (room temperature vulcanization, em inglês) para fazer o seu molde. A borracha RTV é sólida à temperatura ambiente e não requer o longo processo de esquentamento que era necessário no processo de molde. Compre a borracha em kits convenientes, ou em quantidade. As formulações variam -- leia as especificações do fabricante antes de comprar.

Derreter metal requer um cadinho para contê-lo e uma forno para derretê-lo, além de colheres de aço para mexer. Até um certo ponto, é possível reduzir essas ferramentas para trabalhar com metais que fundem em temperaturas mais baixas -- use uma panela pesada de aço inox ou ferro fundido como cadinho e um fogão ou forno capaz de atingir mais de 280 C°. Derreta o metal -- comprado em pequenos lingotes -- em uma panela no seu forno, economizando o dinheiro dos equipamentos especializados. Use apenas luvas de couro ou de cozinha bem grossas para pegar a panela.

Use metais como estanho e outros "metais brancos" que compõem muitas das ligas com baixa temperatura de fusão (bismuto, antimônio, zinco, cobre, etc) para este método.

Preparação

Prepare os moldes lavando e secando bem. Polvilhe com talco para que o metal flua melhor e não grude quando chegar o tempo de retirar o metal fundido resfriado.

Garanta que você tenha tudo em mãos antes de começar a derreter o metal. Nunca deixe uma panela com metal sem supervisão.

O despejo

Ponha os moldes polvilhados com talco em uma superfície resistente e segura -- preferencialmente cerâmica, metal ou madeira (definitivamente não plástico) próxima à área da fundição, para evitar carregar a panela com o metal a qualquer distância. O metal esfria rapidamente uma vez retirado da fonte de calor; despeje o mais rápido que puder. Despeje em uma mesa ao nível dos joelhos, ou mais baixo, para facilitar o movimento e evitar o risco de ferimentos por respingos ou derramamentos.

Finalizando

Tire do molde e examine o metal fundido por falhas. Encha grandes bolhas com pequenos pedaços do mesmo material -- insira e corte nivelando com uma serra ou cortadores de arame -- depois bata cuidadosamente com um martelo para prender no lugar. Alise as arestas ásperas com pequenas lixas de vários formatos. Faça o polimento, pinte e faça patina se desejar.

Use epóxi colorido (como o usado para instalações hidráulicas -- feito para parecer com ligas de cobre ou metais brancos) para preencher pequenas falhas e buracos, desde que o objeto não sera exposto ao calor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível