O habitat das anacondas

Escrito por petra turnbull | Traduzido por débora faggioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O habitat das anacondas
A sucuri amarela habita em grande parte da América do Sul (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Anacondas ou sucuris pertencem à família Boidae e crescem até o comprimento de 2,74 a 8,80 metros, o que lhes confere o título de as maiores cobras do mundo. O seu habitat natural são as florestas tropicais da América do Sul, mas tem-se o conhecimento de que filhotes de anacondas escaparam recentemente para habitats nos EUA, onde têm causado desequilíbrios naturais, pondo em perigo as espécies locais. Existem quatro tipos de sucuris de vários habitats naturais.

Outras pessoas estão lendo

Anaconda amarela (Eunectes Notaeus)

A anaconda amarela atinge comprimento de até 3 metros e sabe-se que vive por cerca de 25 a 30 anos. Ela tem uma cor amarelada e marrom, coberta por manchas negras. É agressiva e seu habitat estende-se pelos pântanos, brejos e rios da Bolívia, Paraguai, Uruguai e oeste do Brasil até o nordeste da Argentina. Mesmo podendo viver e se mover em terra, elas preferem a água e se reproduzem durante a estação chuvosa. A anaconda amarela carrega os ovos de 20 a 40 dias que eclodem quando nascem e terão crescido totalmente aos 3 anos de idade. Sucuris adultas não têm outros predadores além dos humanos, mas as jovens anacondas muitas vezes são alimento de crocodilos e de grandes felinos selvagens.

Anaconda verde (Eunectes Murinus)

A anaconda verde cresce até 8,80 m e pesa até 250 kg. O habitat da anaconda verde abrange os brejos, pântanos e córregos lentos do Amazonas e Orinoco e, como a sucuri amarela, prefere viver na água. Devido ao seu enorme tamanho, as anacondas verdes comem uma grande quantidade de carne, principalmente, porcos selvagens, veados, aves, tartarugas, jacarés e até onças. A cobra frequentemente pega sua presa escondida na água, esperando que os animais venham beber água. Nem todas as sucuris são venenosas, mas espremem suas presas até a morte, enrolando-se em volta de seus corpos para finalmente engoli-los por inteiro. Como a sucuri amarela, a fêmea da anaconda verde dá à luz uma ninhada de 20 a 40 filhotes. A anaconda verde vive por cerca de dez anos de idade.

Anaconda com manchas escuras (Eunectes deschauenseei)

A anaconda com manchas escuras só é encontrada em habitats do noroeste do Brasil, no estados do Amapá e Pará, embora essas cobras raras também tenham sido encontradas na Guiana, nas regiões costeiras da Guiana Francesa e na ilha de Marajó, no delta amazônico. Até agora, apenas 102 anacondas com manchas escuras foram capturadas, das quais a maior delas media 2,98 m. A anaconda com manchas escuras prefere a água do que a terra e caça na vegetação das margens dos rios. Esta anaconda é bege para refletir a cor amarela, com manchas pretas e cinco linhas distintas em sua cabeça. Em cativeiro, chegou a atingir 23,2 anos.

Anaconda boliviana (Eunectes beniensis)

A sucuri boliviana foi descoberta pela primeira vez em 2002 pelo herpetólogo alemão Dr. Lutz Dirksen. Ela até agora só foi encontrada na província de Beni, na Bolívia, onde vive na água. A sucuri boliviana é marrom com algumas manchas pretas que são maiores do que das outras anacondas. A cobra cresce até o tamanho de 4 m e prefere habitats sem florestas, mas com vegetação. Em julho de 2011, a pesquisa sobre o habitat e os hábitos desta cobra ainda estava em andamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível