Mais
×

Por que a Harley é chamada de Fat Boy?

Atualizado em 19 julho, 2017

Antes da primeira motocicleta Harley Davidson "Fat Boy" (garoto gordo) sair da linha de montagem em York, na Pensilvânia, em 1990, surgia um boato dizendo que seu nome e seus fãs tiveram uma péssima atitude em relação à concorrência estrangeira.

Motociclistas (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

A escolha do nome

De acordo com o ilustre historiador da Harley Davidson, Martin Jack Rosenblum, o nome "Fat Boy" surgiu de uma sessão de debate de ideias feita com funcionários da empresa. A moto tinha uma "aparência maciça" e o nome foi uma "maneira poética de descrever sua enormidade". De 1979 a 1982, a Harley Davidson fabricou uma moto com um nome similar: a "Fat Bob".

O boato

De acordo com algumas pessoas, o nome "Fat Boy" é uma suposta combinação entre "Little Boy" e "Fat Man", nomes das bombas atômicas Americanas jogadas nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki em agosto de 1945, pondo um fim à Segunda Guerra Mundial.

Passado

A "Fat Boy" entrou no mercado numa época em que a Harley Davidson enfrentava uma forte concorrência dos rivais japoneses. O patriotismo falava alto entre os fiéis proprietários da Harley. O estilo retrô satisfazia um gosto crescente por designs de motocicletas nostálgicos.

Detalhes

Os que acreditam na história das bombas apontam o aparecimento da primeira "Fat Boy" -- que possuía tanque e para-lamas prateados, acabamento em amarelo e um logo em forma de asas -- como uma alusão a um emblema de piloto. O bombardeiro B29 Enola Gay que jogou a bomba "Little Boy" em Hiroshima era uma avião prata com hélices negras de pontas amarelas.

A testemunha

Dizer que a "Fat Boy" foi projetada para desrespeitar os concorrentes japoneses é uma dessas lendas urbanas completamente falsas. Quando essa lenda veio à tona todos (na empresa) ficaram chocados, completa Rosenblum.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article