Como saber se você tem herpes crônica

Escrito por ehow contributor | Traduzido por ágata erhart
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como saber se você tem herpes crônica
Pessoas com infecção crônica de herpes podem namorar e curtir a vida. Informações e medicamentos adequados são essenciais para um namoro saudável

Aproximadamente 90% da população adulta carregam o vírus que pode causar herpes genital. Felizmente, apenas cerca de 10% a 20% delas realmente vivenciam a irrupção da doença. A herpes genital é uma verruga viral que pode aparecer em períodos de aumento de estresse físico e emocional. A lesão é tipicamente vermelha, em alto relevo, com prurido e muito dolorida. Muitas pessoas que vivem com a herpes sabem que sofrerão com a irrupção antes mesmo do aparecimento das lesões. Elas podem sentir dor e ardência associadas com um machucado anterior -- que é geralmente chamado de pródromo. É fundamental prestar atenção a esse sintoma, visto que o tratamento funciona melhor durante os primeiros sinais de alarme. Aqui você pode descobrir se está passando por esse problema.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Informações e conhecimentos precisos sobre infecção crônica por herpes
  • Medicação anti-herpes prontamente disponível para início imediato do tratamento
  • Comunicação cuidadosa e clara para todos os seus parceiros sexuais

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Fique ligado no seu nível de estresse -- tanto o físico quanto o emocional. Pratique o controle dessa condição, exercite-se e alimente-se de forma saudável, o que ajudará muito no alívio da tensão do dia a dia.

  2. 2

    Preste atenção em seu corpo. Quando começar a sentir os sintomas de queimação e formigamento, inicie imediatamente a medicação prescrita pelo seu médico. A herpes é uma infecção viral que responde melhor aos remédios antes do aparecimento das lesões.

  3. 3

    Continue fazendo o tratamento indicado para a irrupção de herpes e informe seu médico que você está se automedicando. Não faça sexo (mesmo com camisinha) durante esse período!

  4. 4

    Avise seu médico se as erupções usuais de herpes não estiverem respondendo à terapia ou se estiverem se agravando. Você precisará de atendimento o mais brevemente possível.

  5. 5

    Verifique se você possui refis suficientes quando for usar os remédios para herpes. Não corra o risco de ficar sem eles.

  6. 6

    Encontre a ajuda apropriada. Existem inúmeros grupos de apoio e informação que podem ser encontrados localmente e na internet.

Dicas & Advertências

  • Ter herpes não acaba com sua vida sexual e amorosa. Procure ajuda e um parceiro compreensível.
  • Controle seu estresse emocional e físico o melhor que puder; aprenda novas técnicas de redução do problema.
  • Lembre-se, herpes ativas são altamente contagiosas por meio de atividades sexuais, caso não sejam tratadas.
  • Esse artigo tem propósitos educacionais e de informação, somente. Apenas um médico licenciado pode diagnosticar e tratar essa condição.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível