Hinduísmo e divórcio

Escrito por ashley mackenzie | Traduzido por paula belchior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A lei hindu tradicional não permite o divórcio, de acordo com o livro de 1878 de Sir Gooroodass Banerjee, "The Hindu Law of Marriage and Stridhan". Nos tempos modernos, no entanto, as leis do casamento hindu aceitaram o potencial para o divórcio e criaram os fundamentos para a sua legalidade.

Outras pessoas estão lendo

Tradição

Muitas leis em vigor a partir de 1878 focavam em homens e mulheres que estavam se separando sem se divorciar. Por exemplo, quando um marido hindu tinha uma amante, a mulher podia sair de casa e reivindicar o sustento por ele, contanto que ela não se envolvesse com ninguém.

Lei do casamento hindu

A lei do casamento hindu, de 1955, enuncia os fundamentos legais para o divórcio entre os hindus modernos. Um indivíduo -- homem ou mulher -- pode requerer o divórcio se o seu cônjuge for infiel, tratá-lo com crueldade ou o tiver abandonado há mais de dois anos. O divórcio mútuo também é permitido se um casal é incapaz de viver juntos por pelo menos um ano antes da petição para o divórcio.

Mudanças recentes

As leis recentes tornaram o divórcio mais fácil para os casais hindus. Em 2010, o governo aprovou uma emenda à Lei do casamento hindu que legitima o "colapso irremediável do casamento" como uma razão para o divórcio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível