A história dos carrinhos bate-bate

Escrito por lee grayson | Traduzido por josé do pinho
A história dos carrinhos bate-bate
Os carrinhos de bate-bate são atrações bastante populares nos parques de diversões (Image Source/Photodisc/Getty Images)

A história dos carrinhos de bate-bate inclui o desenvolvimento da British Dodgem, o Auto Skooter e carros aerodinâmicos. Enquanto muitos carrinhos de bate-bate continuam a operar hoje em pequenos festivais pelo mundo, a maior instalação de todas é a The Rue Le Dodge, localizada em Gurnee, Illinois, no Six Flags Great America. Uma réplica desse brinquedo foi instalada no parque do Great America, em Santa Clara, na Califórnia, em 2005.

Projeto original

A maioria dos historiadores dá créditos à invenção dos carros de bate-bate para William Thursten. A Thursten Co. fabricava brinquedos para festivais. Vários fabricantes britânicos e americanos, no entanto, disputam o reconhecimento do projeto original.

Projeto estrutural

Os carrinhos de bate-bate elétricos operam em piso de metal e necessitam de um teto também com uma superfície metálica para completar o circuito elétrico. Uma haste de metal presa em cada carro cria a ligação entre o piso e o teto. Alterações no projeto feitas recentemente eliminaram a necessidade de um piso de metal.

Modelo dos carros

Os carrinhos abertos permitem que os pilotos se orientem e controlem a velocidade (com uma variação regulada), enquanto se movem para frente ou para trás. As laterais dos carrinhos possuem para-choques de borracha. Os carros mais novos incluem assentos mais altos e cintos de segurança.

Auto Skooter

Os irmãos Lusse da Filadélfia, Pensilvânia, fabricaram o carrinho de bate-bate Auto Skooter. O veículo de tração dianteira foi patenteado nos EUA em 1931.

Dodgem

Na Inglaterra, os carrinhos de bate-bate são conhecidos como Dodgem. Enquanto outras fábricas patentearam carrinhos similares, os irmão Lusse asseguraram a patete do carro moderno no Reino Unido.

Variações modernas

A Disneylândia instalou um sistema aerodeslizante nos carros de bate-bate por volta de 1960. As naves em forma de disco foram equipadas com amortecedores de borracha circulares. Quando o ar era ligado, os discos flutuavam acima das aberturas no piso de metal. No entanto, uma proibição para carros de bate-bate foi aplicada com rigor.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível