História da dança no Brasil

Escrito por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
História da dança no Brasil
A dança é uma manifestação artística por excelência (Getty Images/Getty Images News/Getty Images)

Uma das principais artes cênicas (ao lado da música e do teatro), há registros da dança no Egito Antigo, quando homens e mulheres dançavam em homenagem aos deuses. Manifestação artística por excelência, a dança é uma mistura de movimento, emoção, expressão e arte. No Brasil, ela começa sendo praticada pelos índios como forma de expressão artística e expressão corporal em ritos religiosos ou festejos diversos. Quando os portugueses colonizaram o território, a dança brasileira se desenvolveu com a mistura de influências nativas, europeias e africanas.

Outras pessoas estão lendo

Dança indígena

Graças à grande diversidade cultural existente no Brasil, é difícil traçar uma linha histórica da dança no País. No entanto, é possível afirmar que as primeiras manifestações da expressão artística se deram com os índios nativos. Há registros de diversas tribos indígenas que praticavam rituais xamanísticos por meio de dança. Um dos mais conhecidos é o toré, típico das tribos que habitavam a região do Nordeste brasileiro. Outra modalidade nativa é o kuarup, praticada pelos povos indígenas do Alto Xingu como forma de homenagear os mortos. Alguns registros dessas danças estão espalhados em arte rupestre pelo Brasil.

História da dança no Brasil
Alguns sinais das primeira manifestações de dança nativa se encontram registrados na arte rupestre (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Samba

O samba teve origem com a vinda dos primeiros negros africanos ao Brasil. Nos raros momentos livres depois do trabalho árduo, os escravos faziam festas nas senzalas. No Recôncavo Baiano, as danças eram acompanhadas por refrões cantados por um coro ou por frases melódicas. Foi assim que surgiu o samba de roda. Logo, o novo ritmo se espalhou por todo o território. Mas foi no Rio de Janeiro que ele se aprimorou com instrumentos de corda e pandeiro. Apenas na década de 1930 surgiu o samba-enredo e os desfiles das primeiras escolas.

Xaxado

O xaxado surgiu no sertão nordestino, mais especificamente no agreste pernambucano. Essa modalidade de dança era praticada pelos cangaceiros e seu bando em festas de comemoração. A dança tornou-se notória com o lendário bando de Lampião, nos anos 1920. O termo xaxado faz referência ao som das sandálias sendo arrastadas no chão. Anos depois, o ritmo aprimorou-se com novos instrumentos, como o pífano, a zabumba e a sanfona. O cantor e compositor Luiz Gonzaga foi um dos maiores divulgadores dessa verdadeira expressão cultural do povo nordestino.

Fandango gaúcho

No sul do País, a dança gaúcha foi marcada pelas influências culturais dos imigrantes europeus, sobretudo pelas culturas portuguesa e espanhola. O fandango gaúcho surgiu no Brasil Colonial. Essa manifestação cultural espelha a cultura campesina dos gaúchos. A dança é marcada por ágeis volteios dos casais dançarinos. Os movimentos de sapateado marcam a dança. Há registros do baile de fandango em cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e no litoral de São Paulo. O ritmo é tombado como bem imaterial pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível