A história dos fertilizantes

Escrito por andy joseph | Traduzido por felipe barbosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A história dos fertilizantes
Fertilizantes são adicionados à terra para promover o crescimento das plantas (Planta image by Minoru from Fotolia.com)

Fertilizantes são substâncias adicionadas à terra para promover o crescimento e a produção das plantas. Embora eles estejam em toda parte desde que as pessoas descobriram a agricultura, foi apenas nos últimos séculos que os químicos ou sintéticos foram desenvolvidos com o conhecimento da química das plantas para melhorar a qualidade e a quantidade de alimentos.

Outras pessoas estão lendo

Nos tempos antigos

Nos tempos antigos, as pessoas notaram que a primeira produção de um lote de terra superava qualitativamente as subsequentes. Assim, teve que haver uma maneira de manter ou até mesmo de aumentar a produção enquanto usavam o mesmo terreno. Eventualmente, surgiu com a ideia de usar esterco animal para fazer isso.

A história dos fertilizantes
Esterco animal foi o primeiro fertilizante usado pelo homem (gedüngtes Feld image by Hillebrand from Fotolia.com)

Evolução dos materiais

Com o tempo, a fertilização natural tornou-se mais refinada. Por exemplo, os antigos egípcios acrescentavam cinzas de ervas daninhas queimadas no solo. Havia outros materiais usados ​​nos tempos antigos, como: conchas do mar, argila e resíduos vegetais.

A história dos fertilizantes
Conchas do mar, com alta concentração de minerais, foi um dos muitos materiais utilizado na fertilização do solo (sea shells image by bedecs from Fotolia.com)

Advento da tecnologia de fertilizantes

A partir do início do século 17, as pessoas pesquisaram outros modos de fertilização, particularmente aquelas de natureza química. Por exemplo, Johann Glauber, químico alemão-holandês (c. 1604-1670), desenvolveu o primeiro fertilizante mineral, que consistia em salitre, limão, ácido fosfórico, nitrogênio e potássio.

A história dos fertilizantes
As soluções químicas surgiram no século 17 e perduram até hoje (epandage image by romaneau from Fotolia.com)

Justus von Liebig

Foi o químico Justus von Liebig (1803-1873) que descobriu que as plantas precisavam de itens minerais, tais como nitrogênio e fósforo, para o crescimento ideal. Seu trabalho levou a meio século de exploração das necessidades de fábricas de produtos químicos para melhorar as composições dos fertilizantes. Por isso, ele é conhecido como o "Pai da Indústria de Fertilizantes". Sir John Lawes (1814-1900) descobriu, posteriormente, o superfosfato, que se tornou o primeiro fertilizante químico.

A história dos fertilizantes
Minerais, como nitrogênio e fósforo, são essenciais para o crescimento das plantas (Child holding plant with soil and roots showing image by Paul Hill from Fotolia.com)

Nutrientes essenciais para plantas

Por volta do século 20, compreendeu-se que os nutrientes essenciais são nitrogênio, fósforo e potássio. O nitrogênio é considerado o nutriente mais necessário para a montagem dos aminoácidos, ácidos nucleicos e proteínas. Plantas com pouco nitrogênio tendem a ser menores, menos frutíferas e a ter uma cor amarelada. Com esse conhecimento das necessidades de plantas químicas, a indústria de fertilizantes químicos tem crescido significativamente após a Primeira Guerra Mundial, que terminou em 1918.

A história dos fertilizantes
Nitrogênio é considerado o nutriente mais necessário (fertilize ground image by AGphotographer from Fotolia.com)

Hoje

Apesar de os fertilizantes orgânicos serem usados ​​ainda hoje no mundo todo, os fertilizantes químicos são mais populares. Além disso, continua a ser conduzida uma pesquisa para reduzir os efeitos nocivos para o ambiente com uso de fertilizantes, bem como para a descoberta de novas fontes menos dispendiosas de fertilizantes.

A história dos fertilizantes
Atualmente, existe um movimento à procura de fertilizantes orgânicos mais eficientes e menos agressivos ao meio ambiente (corn_rows_2 image by Stacey Lynn Brown from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível