História da arte greco-romana

Escrito por buffy naillon Google | Traduzido por antonio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
História da arte greco-romana
O Coliseu de Roma se destaca como uma das grandes realizações da arquitetura (Roman colloseum image by Minx from Fotolia.com)

A história da arte durante o período greco-romano mostra que a arte criada pelos romanos tinha um déficit de estilo se comparada à antiga civilização grega. As obras de arte criadas durante esse período de tempo são parte do período clássico. Essa época influenciou estilos artísticos do Renascimento até os dias atuais.

Outras pessoas estão lendo

Historia

Segundo a autora Lois Fichner-Rathus em "Entendendo a Arte", o tempo da história da arte conhecido como o período greco-romano representou o período em que a arte romana absorveu a arte grega e suas influências. As civilizações helênica e latina foram sobrepostas uma à outra quando Roma estabeleceu um protetorado sobre a Grécia que se prolongou por quase 500 anos. Durante esse tempo, os romanos procuravam originais ou faziam cópias das obras de arte gregas.

Pintura

O que os historiadores de arte sabem sobre pintura grega, eles sabem devido às pinturas de parede romanas e murais. Embora os historiadores saibam que os artistas gregos faziam pinturas, elas foram destruídas pelos estragos do tempo e somente objetos pintados permaneceram. Porém, os historiadores também sabem que a pintura romana, como o resto da arte romana, encontrou algumas de suas influências na pintura grega. Alguns dos grandes exemplos de pinturas de murais romanos foram desenterrados por arqueólogos com a descoberta das ruínas de Pompéia e Herculano.

Escultura

Os historiadores chamam a arte romana de arte do realismo. Ao contrário dos gregos, que interpretavam a perfeição humana em suas esculturas e outras artes, as obras romanas mostravam cada linha e imperfeição no rosto do sujeito (a menos que eles estivessem retratando rostos idealizadas dos imperadores). De acordo com Fichner-Rathus, isso é atribuído à prática romana de fazer máscaras mortuárias, cuja função era similar à prática moderna de manter imagens de seus entes queridos. Inicialmente, os romanos construíram essas máscaras de cera, mas depois fizeram as máscaras de bronze ou terracota. Estas esculturas não eram afirmações sobre a condição humana, porém um registro da existência de uma pessoa.

Arquitetura

A arquitetura romana se destacou como uma das realizações duradouras do Império. Tal como a escultura de hoje, a arquitetura romana foi estilisticamente influenciada pelos gregos, bem como os etruscos, mas os romanos fizeram suas próprias contribuições significativas. Mais notavelmente, a arquitetura romana não tinha a percepção de escultura dos edifícios gregos. Ao contrário, o modelo romano abraçou tanto a função quanto o apelo visual.

Significado

Apesar de as artes romanas terem muita similaridade com a arte grega, as diferenças existem. A arte romana tende a ser bem mais eclética do que a arte grega. Além disso, arte romana emprega a técnica do realismo, ao passo que a arquitetura romana permanece como alguns dos melhores exemplos de edifícios que o homem já conheceu.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível