A história da sopa de abóbora

Escrito por charlotte e. gerber | Traduzido por joao marcos padua filho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A história da sopa de abóbora
A sopa de abóbora representa a vitória na luta dos haitianos contra seus colonizadores (soup image by AGphotographer from Fotolia.com)

A história da sopa de abóbora começa com a celebração da Independência Haitiana em 1804. Em 1º de janeiro de 1804, os haitianos trabalharam juntos para criar uma sopa para celebrar a independência dos colonizadores franceses. Até então, os colonizadores acreditavam que os negros, sob suas regras, nunca poderiam trabalhar juntos para criar algo. Hoje, a tradicional sopa de abóbora conhecida como "soup joumou" é feita e servida a amigos e familiares no Haiti, em homenagem à sua luta pela liberdade.

Outras pessoas estão lendo

Significado

Enquanto colônia da França, os haitianos só podiam comer uma sopa rala com pão. Eles não tinham permissão para comer uma refeição tão extravagante composta de abóbora, caldo de carne e outros vegetais. Esta sopa foi criada para simbolizar a união perante as adversidades. Foi servida para todos na primeira celebração da independência e os haitianos ainda hoje mantêm a tradição.

Características

Uma característica única da sopa é o uso de limões e suco de laranja que são adicionados ao caldo de carne no cozimento. Isso dá a sopa um sabor levemente ácido, o que é considerado uma metáfora ao legado que os haitianos têm compartilhado desde a independência de seus colonizadores. Uma versão autêntica da sopa utiliza "picklese", que é um vinagre picante, originário do Haiti.

Geografia

A sopa de abóbora é atualmente feita em todo o mundo. No entanto, é predominantemente feita no Haiti, durante as celebrações de independência e, nos Estados Unidos, durante o feriado de Ação de Graças. Os haitianos que deixaram o país após a independência levaram a receita para os Estados Unidos. A receita tem sido modificada através dos anos e, dependendo da variedade de ingredientes disponíveis na localidade.

Equívocos

Apesar dos índios nativos americanos comerem abóbora, eles não inventaram a sopa. Eles comiam abóbora depois que era cortada em tiras e assada. Os colonizadores americanos observaram como os índios usavam o vegetal e começaram a incorporá-lo a suas dietas. A sopa de abóbora não foi mencionada em qualquer livro na América até meados de 1800.

Efeitos

Pessoas que visitam o Haiti podem não entender o significado da celebração de independência. Podem imaginar que não há muito o que comemorar já que o país sofre um declínio econômico e social desde a revolução de 1804. Entretanto, os haitianos acreditam que a luta pela igualdade ainda não terminou. Acreditam que a sopa dá-lhes coragem para superar a opressão, tanto agora, quanto no futuro.

Não perca

Referências

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível