on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Por que os homens escoceses usam saia?

Atualizado em 17 abril, 2017

Os escoceses que vivem na região das Terras Altas usavam saias (kilts) desde o século 16. O kilt foi adotado pelos camponeses da planície no início do século 19 e o traje, que ficava à altura dos joelhos e era tipicamente feito de lã com uma estampa tartã, virou um símbolo da história e cultura escocesa. Hoje em dia, os kilts se transformaram em uma alternativa mais moderna para calças, principalmente nos Estados Unidos e na Escócia.

Kilts viraram uma alternativa para calças (Image by Flickr.com, courtesy of John Haslam)

História

Antes do kilt, o visual padrão da Escócia e da Irlanda era uma longa túnica. De acordo com o pesquisador de tartã e historiador de roupas das Terras Altas Matthew A.C. Newsome, por volta do século 16, ela evoluiu para uma roupa longa sobre a qual era usado um xale de lã para aquecer.

Loading...

Evolução do kilt

Os usuários começaram a juntar os xales em dobras e colocar um cinto acima da cintura. Ficaram conhecidos como kilt grande ou xadrez acinturado.

Kilt pequeno

O xadrez acinturado evoluiu nos séculos 17 e 18 para o kilt pequeno ou de caminhada, que é a metade inferior do kilt grande. Com o tempo, cintos, forros, presilhas e fivelas foram acrescentadas para refletir a mudança na moda.

Tempos modernos

Ao longo do século 20, os kilts foram em maior parte usados para cerimônias, nos jogos das Terras Altas e outros eventos formais. Recentemente, os homens escolheram usar kilts como uma alternativa para calças, chamados de kilts contemporâneos, kilts modernos, kilts de utilidade ou "utilikilts".

Kilts viraram uma alternativa para calças (Image by Flickr.com, courtesy of John Haslam)

Mitos

De acordo com Newsome, mitos dizem que um verdadeiro kilt deve conter entre sete a nove metros de tecido. Mas os produtores de kilt farão um dependendo do tamanho de quem o usará e do padrão do tartã.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...